Futebol Em 2021, Corinthians de Mancini tem aproveitamento semelhante ao de Tiago Nunes no Brasileirão

Em 2021, Corinthians de Mancini tem aproveitamento semelhante ao de Tiago Nunes no Brasileirão

Em nove partidas disputadas neste ano, Timão conquistou apenas 37,04% dos pontos, índice semelhante aos 37,5% do treinador anterior que saiu no início da competição

Lance
Lance

Lance

Lance

O desempenho do Corinthians nos últimos jogos tem sofrido uma queda enorme em relação ao que time vinha apresentando no fim do ano passado, em plena ascensão com Vagner Mancini, mas não é só o que é visto em campo a fonte para notar essa queda, já que os números também mostram o problema. Em 2021, a equipe conquistou apenas 37,04% dos pontos disputados, índice semelhante ao registrado sob o comando de Tiago Nunes.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> 33 jogadores em 23 jogos: veja quem já atuou pelo Timão na Era Mancini

Neste novo ano, o Timão entrou em campo em nove oportunidades, todas pelo Brasileirão-2020. Foram três vitórias (Fluminense, Sport e Ceará), um empate (Athletico-PR) e cinco derrotas (Palmeiras, Red Bull Bragantino, Bahia, Flamengo e Santos), ou seja, conquistou apenas dez pontos de 27 possíveis, algo que praticamente eliminou as chances de classificação para a Copa Libertadores.

Como dito acima, esse retrospecto resulta em 37,04% de aproveitamento em 2021, um índice muito baixo, principalmente se comparado ao que o time, já sob o comando de Mancini, apresentou no fim do ano passado, com sete vitórias, três empates e duas derrotas, o que significou 66,67% dos pontos disputados, e levou o Corinthians da zona de rebaixamento até o G8.

Mas essa queda de desempenho a partir de janeiro, fazendo o time ter mais derrotas (5) nesses dos meses do que nos dois anteriores (apenas 2) com Mancini, fizeram com que os números ficassem parecidos com aqueles vistos no início do Campeonato Brasileiro, quando o comando técnico era de Tiago Nunes, que já vinha ameaçado no cargo antes da pausa devido à pandemia.

Com Tiago, foram oito jogos realizados no Brasileirão-2020, duas vitórias, três empates e três derrotas, a última delas em um Dérbi na Neo Química Arena. Com esse retrospecto, o ex-técnico Athletico-PR fechou sua participação no Timão com apenas 37,5% de aproveitamento dos pontos que disputo, índice ligeiramente melhor do que o de Vagner Mancini, no recorte de 2021 (37,04%).

Baseado nesses números e nas atuações fracas dos últimos jogos, fica fácil compreender o porquê de o Corinthians chegar nas duas últimas rodadas do Brasileirão, precisando de resultados improváveis para garantir vaga na Copa Libertadores. Além de vencer as próximas duas partidas (Vasco e Internacional), precisa torcer para Santos e Athletico-PR tropeçarem em seus confrontos.

Confira os números citados no texto acima:

Corinthians de Tiago Nunes no Brasileirão:
​8 jogos
2 vitórias
3 empates
3 derrotas
37,5% de aproveitamento

Corinthians de Vagner Mancini no Brasileirão em 2020:
​12 jogos
7 vitórias
3 empates
2 derrotas
​66,67% de aproveitamento

Corinthians de Vagner Mancini no Brasileirão em 2021:
9 jogos
3 vitórias
1 empate
5 derrotas
37,04% de aproveitamento

Últimas