Futebol Efetivado no Fluminense, Marcão elogia trabalho de Odair e afirma: 'Dar continuidade ao processo'

Efetivado no Fluminense, Marcão elogia trabalho de Odair e afirma: 'Dar continuidade ao processo'

Ex-volante inicia a quinta passagem como técnico do profissional do Tricolor e garante: 'A gente tem grande chance de conquistar nosso objetivo'

Lance
Lance

Lance

Lance

Escolhido para substituir Odair Hellmann e comandar o Fluminense até o fim da temporada, Marcão concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira, no CT Carlos Castilho. Em sua quinta passagem na equipe profissional, o treinador efetivado elogiou o trabalho de Odair e afirmou que manterá a filosofia e o estilo de jogo do ex-treinador.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os resultados

– A gente pretende manter tudo de bom que o professor deixou. O clube, a equipe, o grupo tem uma maneira de jogar hoje. E a pessoa que sentar aqui hoje tem que respeitar isso. A gente vai manter esse nível de dedicação, competição. Nossa equipe vai competir, vai marcar forte. Isso que a gente pretende fazer.

– O que a gente puder contribuir, da maneira que o Marcão gosta de jogar, a gente vai tentar fazer. Vamos ver se o grupo recebe bem, mas a princípio vamos fazer o que o professor já vinha fazendo, dar continuidade ao processo, que é vencedor para esse Campeonato Brasileiro.

O ex-volante do Tricolor comandou o primeiro treino nesta terça-feira e fará sua reestreia no próximo domingo, no clássico contra o Vasco, em São Januário. Em relação ao período que esteve à frente da equipe em 2019, quando ajudou na fuga do rebaixamento, Marcão afirmou que a responsabilidade é a mesma e se mostrou otimista em garantir a vaga na Libertadores.

- São situações diferentes, mas a responsabilidade é a mesma. Naquele momento a gente lutava contra uma situação de finalzinho da tabela, rebaixamento... Hoje a gente luta por uma posição de cima, de Libertadores. Responsabilidade igual, empenho ainda maior, a gente mais preparado ainda, bastante empenhando no projeto.

- Acredito que com a ajuda de todos a gente tem grande chance de conquistar nosso objetivo, lutando para cima. Feliz, especial, mais uma vez o clube confiou no nosso estafe. Da nossa parte, é entregar tudo que a gente tem para continuar um Fluminense, da maneira que está.

Confira outros trechos da coletiva de Marcão:

FUNÇÃO DE GANSO NO TIME
O Paulo é um jogador que a gente já trabalha há muito tempo, tenho um carinho especial por ele, é um grande jogador, todos sabem. E ele faz parte do grupo. Desde o momento que ele se colocar à disposição, se a gente entender que vai ser o momento dele de novo, tenho certeza... Confiança a gente já tem de trazer ele para dentro. Eu gosto do estilo do jogo do Paulo, ele nos ajudou bastante no final do ano passado, foi muito comprometido com a instituição, com o processo. Tem o nosso carinho, respeito. Quando tiver dentro, vai poder nos ajudar e a gente, sim, conta com ele para fazer parte desse movimento.

APROVEITAMENTO DE JOVENS DO SUB-23
Eu até falei com os meninos sobre essa possibilidade do projeto sub-23. Acho que muitos não tiveram noção de quanto foi importante esse projeto para o Fluminense. Precisamos muito dessa molecada que estava jogando, a gente teve oportunidade de trabalhar como muitos deles, o professor Odair teve a oportunidade de trabalhar nos jogos passados com Martinelli, que veio do projeto. Estava com minutagem, com jogo, foi pro jogo, foi grande, um dos destaques. Isso faz parte do nosso projeto sub-23. Que permaneça...

POSSIBILIDADE DE EFETIVAÇÃO EM 2021
Calma, estou chegando agora (risos). Deixa passar o 1º, 2º, 3º jogo... Estou feliz pela confiança do presidente, do Paulo Angioni, dos atletas, que é muito importante nesse processo. A gente espera passar meses importantes juntos, em família, se fortalecendo. E vamos ganhando no dia a dia. Deixa mais pra frente para falar sobre isso. Meu objetivo agora é manter o Fluminense numa posição que hoje é muito importante para gente. E devagarzinho a gente ir crescendo.

CRÍTICAS DA TORCIDA A ODAIR
Ele foi buscando crescimento, o Brasileiro é um campeonato muito difícil e foi pegando o jeito e maneira de jogar durante a competição. Equipe achou a maneira, muito forte, muito regular. Assim ele achou esse jeito. Sobre a contestação, esse cargo aqui você é cobrado o tempo inteiro. Quem não tiver preparado para ser cobrado, não tem que estar aqui. Mesmo ganhando, vai haver questionamento de um ou outro.

Últimas