Dupla na Europa! Flamengo busca substituto após saída de Jesus

Marcos Braz e Bruno Spindel, vice-presidente de futebol e diretor executivo da pasta, estão juntos, em Portugal, para iniciar procura de novo técnico

Marcos Braz e Bruno Spindel acumulam êxitos nas tratativas europeias

Marcos Braz e Bruno Spindel acumulam êxitos nas tratativas europeias

Alexandre Vidal/Flamengo

Há uma semana, Jorge Jesus anunciava ao Flamengo que havia aceitado a proposta para retornar o Benfica. Desde então, a diretoria rubro-negra trabalha com cautela e ainda sem apontar um alvo específico para substituir o Mister. E os debates, agora, passam a ser na Europa, já que Bruno Spindel, diretor executivo de futebol, se junta a Marcos Braz, vice-presidente da pasta, nesta sexta-feira, em Portugal.

Assim, o "elenco" do Fla, formado pela dupla que teve êxito nos recrutamentos de Jesus, Gerson, Pedro e Gabigol, por exemplo, está fechado nessa nova missão europeia. A tendência é que conversas presenciais ocorram a partir deste domingo.

Por ter cidadania europeia (portuguesa), Braz não teve contratempos para logo embarcar rumo à Terrinha, onde está desde a última quinta. Ele não deixou o Ninho do Urubu sem antes receber análises do Departamento de Scout (DS), gerido pelo ex-volante Fabinho, sobre treinadores que se encaixam em um perfil de jogo como o do Mister - ou seja, com características de marcação alta, intensidade e ofensividade.

Os favoritos do Flamengo

A pergunta, então, é: quem são os favoritos? Ao que os bastidores indicam, os portugueses Carlos Carvalhal e Leonardo Jardim e o espanhol Domènec Torrent são os prediletos do Flamengo, por ora.

Carlos Carvalhal, de 54 anos, ainda nos tempos do futebol inglês

Carlos Carvalhal, de 54 anos, ainda nos tempos do futebol inglês

Geoff Caddick/AFP

Com o Rio Ave envolvido na disputa por uma vaga na Liga Europa da próxima temporada, o encontro de Braz com o Carvalhal, técnico da equipe portuguesa, ficará para depois de sábado, quando será realizada a rodada decisiva da Liga de Portugal. O Rio Ave, em sexto com um ponto a menos que o Famalicão, precisa vencer e torcer contra o adversário para conquistar o lugar no torneio europeu. Este jogo pode ser decisivo para o futuro do Rubro-Negro.

Caso não haja acordo de imediato com Carvalhal, as tratativas com demais nomes serão impulsionadas. Sem clube e residente do Principado de Mônaco, Jardim ainda não descartou o Flamengo. Já Domènec, também fora de ação, classificou o clube da Gávea como um dos maiores do mundo, mas afirmou não ter sido procurado até o momento.

E assim a "varredura" de Braz e Spindel seguirá, junto às ligações de empresários parceiros e influentes no Velho Continente e de outros membros do departamento de futebol do clube.

'Gelo no sangue' é o mantra

Com uma "folga" de duas semanas até a estreia do Brasileiro, o Flamengo, mais do que nunca, necessitará do "gelo no sangue" com o seu "elenco" na Europa, uma vez que é inegável que a pandemia, o consequente calendário apertado e a moeda brasileira em baixa são fatores que aumentam o desafio rubro-negro.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Veja 7 opções para treinar o Flamengo após a saída de Jesus