Futebol Dorival atribui derrota do Flamengo a erros individuais e mostra confiança em títulos

Dorival atribui derrota do Flamengo a erros individuais e mostra confiança em títulos

Treinador rubro-negro analisou a derrota para o Fortaleza na Arena Castelão

Lance
Lance

Lance

Lance

O Flamengo perdeu para o Fortaleza por 3 a 2, no Castelão, em jogo válido pela 28ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o Rubro-Negro praticamente se despediu da briga pelo título nacional. Após a partida, Dorival falou sobre a confiança para as copas e atribuiu o revés a erros individuais.

+ ATUAÇÕES: Léo Pereira puxa fila em noite ruim do Flamengo no Castelão; veja notas

O treinador viu os erros na defesa como cruciais e confirmou que o Fla perdeu campo no fim da partida. Mesmo assim, mostrou confiança no elenco e frisou que jamais houve falta de concentração.

- O erro individual é do dia, do momento. Ele propicia uma condição em que o adversário se aproveite. Foram erros pontuais que fizeram com que a gente tivesse que passar a correr atrás a todo momento. Tínhamos o controle da partida, procurando o gol a todo o momento - disse, antes de completar:

- A partir do momento do gol de empate continuamos com a mesma proposta, no fim sofremos de maneira desnecessária sem a bola. Eles foram felizes, mas eu acho que o erro acontece e proporciona uma situação favorável ao adversário. Não tínhamos muitos problemas no jogo, a concentração nunca deixou de existir. Foi um dia diferente para nós - analisou.

+ Premiere coloca propaganda na hora do pênalti do Flamengo e irrita torcedores

Dorival também afirmou que não jogou a toalha no Brasileirão, embora a situação esteja cada vez mais complicada. Além disso, tranquilizou o torcedor com relação a preparação para as finais de Copa do Brasil e Libertadores.

- Até os 50 minutos do segundo tempo estávamos dentro dos três campeonatos? Não é motivo para pensar assim (em desistir do Brasileirão). A equipe vinha superando a falta de atletas, com posse de bola interessante, com infiltrações dos dois lados. Não tem motivo para o torcedor ficar apreensivo, tomamos uma virada por erros pontuais. É bom que se coloca dessa forma, coisas boas vão acontecer. Podem ter certeza que essa equipe vai entregar coisas boas até o fim do ano - finalizou.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

Com 45 pontos, o Flamengo ocupa a quinta posição e pode perder mais uma ainda na 28ª rodada. O próximo compromisso dos comandados de Dorival Júnior é neste sábado, diante do Bragantino, também pelo Brasileirão. O jogo acontecerá às 19h (de Brasília), no Maracanã.

VEJA OUTROS PONTOS ABORDADOS NA COLETIVA

Má atuação atrelada aos desfalques:

Independente do que aconteceu, isso não pode ser considerado. Do meio para frente, tivemos praticamente os garotos da base com exceção do Gabriel. Era um time com três atletas que estão iniciando agora a trajetória no profissional. Não podemos apenas considerar a derrota. Acho que tivemos bons e maus momentos na partida. Inicialmente tivemos dificuldade no trabalho de infiltração, chegamos aos dois gols merecidamente. No segundo tempo, quando tínhamos a posse e com o jogo administrado, saímos errado e ocasionamos o gol de empate. No fim da partida tivemos dificuldades, especialmente essa última que ocasionou o gol do Fortaleza. Temos que ter calma para buscar as correções necessárias.

Principal objetivo do Flamengo no Brasileirão:

Não abrimos mão do campeonato, todos os jogadores em condições atuaram. Filipe teve necessidade de sair, mas o restante estava em campo. Aqui não tem distinção de competição, estávamos com o resultado na mão, fazendo uma partida segura. Mantivemos a mesma postura depois do empate, perdemos o Matheus (França) que vinha exercendo função importante. O adversário ganhou mais cancha, dentro do nosso campo e acabamos sofrendo o gol no fim.

Últimas