Futebol Disputa maior? Dorival Júnior aposta em 'esquecidos' do São Paulo

Disputa maior? Dorival Júnior aposta em 'esquecidos' do São Paulo

O treinador está adotando uma certa postura com alguns jogadores diferente da vista com Ceni, optando por atletas que não tinham tanto...

Lance
Lance

Lance

Lance

A chegada de Dorival Júnior ao cargo de treinador do São Paulo já rendeu dois resultados positivos em jogos - contando com uma classificação na Copa do Brasil, conquistada na última terça-feira (25) diante ao Ituano. No entanto, o novo técnico mostra que a equipe terá grandes mudanças para a sequência da temporada com a utilização de 'casos perdidos' do elenco.

Contra o Ituano, muito se observa sobre as alterações na escalação. Apenas quatro atletas titulares do jogo de ida, no Morumbi e sob o comando de Rogério Ceni, foram novamente escalados no time inicial em Itu: Rafael, Arboleda, Beraldo e Rodrigo Nestor. Entre os 'novos titulares' do São Paulo, alguns chamam a atenção pelo recente histórico de perda de espaço.

ATUAÇÕES: Meio de campo melhora, mas reserva Rato decide em classificação do São Paulo na Copa do Brasil

Veja tabela do Campeonato Brasileiro

É o caso de Gabriel Neves, que passou a somar poucos minutos na equipe de Rogério Ceni após voltar de lesão ainda na temporada passada, padrão que se manteve em 2023.

O atleta parece ter despertado o interesse de Dorival Júnior para compor um trio no meio de campo com Pablo Maia e Rodrigo Nestor - se tornando responsável pela saída de bola. Durante a partida anterior, contra o América-MG (estreia do treinador), o camisa 20 já havia entrado em campo, saindo do banco e sinalizando a recuperação de seu espaço na equipe.

Um nome que tem dado o que falar é o de Marcos Paulo, que marcou em duas das últimas três partidas em que entrou em campo. Pouco utilizado por Ceni, o jogador chegou a ser o pivô de um episódio tumultuado nos bastidores do clube. Após manifestações nas redes sociais, o camisa 32 foi repreendido pelo técnico, reação que causou insatisfação de parte do elenco na época.

Curiosamente, foi dele o primeiro gol na vitória por 2 a 0 contra o Puerto Cabello, da Venezuela, jogo que parecia um 'ultimato' para Ceni - que mesmo apesar da vitória, no dia seguinte sua saída foi anunciada.

Contra o América-MG, saiu do banco para marcar o último dos três gols são-paulinos na vitória por 3 a 0. Já na noite desta terça-feira (25), o jogador foi 'premiado' com a titularidade - influenciada pela ausência de Calleri, com dengue.

Renovação à vista?

Além dos aspectos táticos das mudanças de Dorival Júnior, alguns dos atletas que vem passando a ganhar mais minutos em campo podem trazer impactos fora das quatro linhas. É o caso de Luan, volante que foi pouco utilizado por Ceni após se recuperar de grave lesão na coxa e que vive negociação longa para renovar seu contrato com o São Paulo - vínculo que termina ao final de 2023. Ao que tudo indica, como o LANCE! adiantou, uma nova proposta foi feita e parece caminhar bem, mas ainda não foi anunciada. Caso concretizada, deverá ter vínculo com a equipe até 2026.

Perda de espaço

Seguindo a lógica, para que jogadores menos utilizados ganhem mais minutos, titulares passaram a ir pro banco e, por incrível que pareça, um dos nomes que atendem a essa situação marcou o gol da vitória - e da classificação - contra o Ituano: Wellington Rato.

Titular absoluto de Ceni pela sua capacidade de qualidade nas bolas paradas e cruzamentos, o camisa 27 foi titular no jogo de ida da Copa do Brasil, mas escalado como reserva nas duas partidas de Dorival Júnior até agora.

Entrando durante o segundo tempo nas duas ocasiões, o atacante mostrou seu impacto na última terça-feira (25) ao balançar as redes e ser o grande herói da partida.

Em apenas dois jogos, Dorival já parece colocar suas próprias características e fazer mudanças no time do São Paulo. Com o novo comandante dando espaço a mais atletas, a disputa por minutos no titular deve ganhar cada vez mais competidores. Para isso, o Tricolor terá um novo capítulo desta nova fase no próximo sábado (25), às 16h30 (de Brasília), contra o Coritiba. O duelo será disputado no Couto Pereira e é válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Últimas