Futebol Diretor esportivo do Rennes diz que Camavinga não sai para o Real

Diretor esportivo do Rennes diz que Camavinga não sai para o Real

Florian Maurice quer manter jogador com contrato até 2022 na equipe para a próxima temporada. Dirigente também disse que negocia chegada do zagueiro Salisu

Lance
Lance

Lance

Lance

O diretor esportivo do Rennes, Florian Maurice, disse que não vai vender o meio-campista Camavinga para o Real Madrid. Em entrevista para a “RMC Sport”, o francês afirmou que nem se os merengues chegarem com uma proposta de 80 milhões de euros (R$ 492 milhões), o jovem de 17 anos deixa a equipe na próxima temporada.

- Não se falou na saída de Camavinga. Nunca houve um interesse real. Desde a minha chegada, tinha claro que faríamos um projeto com ele. Se o Real Madrid oferecer 80 milhões como se diz por aí? A resposta é não. Queremos contar com ele para que siga evoluindo no Rennes.

Apesar da primeira negativa, o dirigente disse que vai escutar o atleta caso a transferência seja da vontade do jogador. Camavinga tem contrato com o clube atual até 2022 e o Rennes, pela primeira vez na história, irá disputar uma Liga dos Campeões. Maurice também disse que está negociando com Salisu, do Valladolid, para ser novo reforço do time.

Últimas