Futebol Diniz minimiza protestos da torcida: 'Não tem influência no rendimento'

Diniz minimiza protestos da torcida: 'Não tem influência no rendimento'

Técnico comentou sobre a pressão dos torcedores, que cobraram diretoria, elenco e comissão técnica pelos maus resultados. Para ele, o que incomoda é rendimento no campo

Lance
Lance

Lance

Lance

O São Paulo empatou em 1 a 1 contra o Coritiba, no Couto Pereira e não conseguiu afastar a crise que ronda o clube. O técnico Fernando Diniz comentou sobre os protestos realizados pelos torcedores, que foram ao CT da Barra Funda no último treinamento da equipe antes da viagem ao Paraná.

Para Fernando Diniz, técnico do São Paulo, a manifestação dos torcedores é legítima é não influenciou no resultado dentro de campo.

- O protesto da torcida é legítimo, não teve violência. Estão insatisfeitos com os resultados que a equipe vem apresentando e internamente isso vem sendo bem trabalhado. Não tem influência nenhuma no desempenho do time - afirmou Diniz.

Perguntado sobre se a pressão sobre o seu trabalho o incomoda, o técnico demonstrou já estar adaptado à pressão gigantesca que assola o clube do Morumbi após as eliminações no Campeonato Paulista e Libertadores. Para ele, o que incomoda são os resultados e desempenho da equipe dentro de campo.

- O que me incomoda é a gente não conseguir vencer os jogos. Treinador de futebol tem que estar preparado para tudo, para todo tipo de pressão. O que me incomoda é a gente não conseguir vencer as partidas e dar alegria para o nosso torcedor - finalizou.

Últimas