Futebol Diniz afirma não ter medo de demissão do São Paulo: 'Me sinto apoiado'

Diniz afirma não ter medo de demissão do São Paulo: 'Me sinto apoiado'

Técnico sofre pressão no cargo após três derrotas seguidas, goleada sofrida para o Internacional e a perda da liderança do Campeonato Brasileiro 

Lance
Lance

Lance

Lance

O São paulo foi goleado pelo Internacional por 5 a 1 no Morumbi e perdeu a liderança do Campeonato Brasileiro. Sem vencer há três partidas, o técnico Fernando Diniz vê seu cargo ameaçado pelos maus resultados.

Tem joias do São Paulo: veja 20 jovens que estão brilhando no Brasileirão e seu valor de mercado

Em entrevista coletiva, ele respondeu sobre essa pressão no comando e avaliou o seu trabalho na frente do Tricolor.

SIMULE OS PRÓXIMOS JOGOS DO SÃO PAULO NO BRASILEIRÃO

- Eu sempre me senti apoiado aqui, pela diretoria que saiu e por essa que entrou. Se eu carrego algum tipo de culpa e responsabilidade, a maior responsabilidade é minha. A maior responsabilidade por uma derrota como essa, pela queda, é minha - finalizou Diniz.

Com a derrota, o São Paulo agora é o vice-líder do Brasileirão com 57 pontos, dois a menos que o Internacional, novo líder da competição. O Tricolor volta a campo no próximo sábado (23), às 19h, contra o Coritiba, novamente no Morumbi, pelo Brasileirão.

Últimas