Futebol Diego não coloca vice do Flamengo na Libertadores na conta de Andreas: 'A vitória é nossa, a derrota também'

Diego não coloca vice do Flamengo na Libertadores na conta de Andreas: 'A vitória é nossa, a derrota também'

Andreas Pereira perdeu a bola sozinho em frente a área do Flamengo; Deyverson estava atento, recuperou a posse de bola e marcou o gol da vitória

Lance
Lance

Lance

Lance

Neste sábado, o Flamengo foi derrotado pelo Palmeiras por 2 a 1 no Estádio Centenário, e ficou com o vice-campeonato da Libertadores. O gol que deu a Glória Eterna ao Alviverde foi marcado por Deyverson após uma falha de Andreas Pereira, que se enrolou sozinho com a bola na entrada da área do Fla. Após a partida, na área mista, o meia Diego se solidarizou com o camisa 18 e destacou que se a vitória é de todo o time, então a derrota também será.

> ATUAÇÕES: Arrascaeta se salva na derrota do Fla na final da Libertadores

- Com certeza, nós, jogadores, entramos em campo para acertar. Mas mesmo assim, por mais concertados que estivéssemos, estamos sujeitos a erros. O que nós passamos para ele, justamente, é que nós estamos juntos, independente de quem erra. Todos nós erramos. A vitória é nossa, a derrota também. Temos que dividir.

> Veja e simule a tabela do Brasileirão

Diego também fez uma análise da partida e disse que o Flamengo já esperava a postura mais recuada do Palmeiras. O camisa 10 também destacou que o Fla teve oportunidades, mas não aproveitou - diferentemente do Alviverde, conforme observou o meia. Diego ainda admitiu que é um "golpe muito duro" ficar com o vice, porém acredita que o Rubro-Negro mostrou que continua sendo uma equipe vencedora.

- Foi o jogo que nós esperávamos, eles jogaram com o que nós preparamos, com um futebol bem fechado, tático, contanto com erro e poucas oportunidades. Eles aproveitaram as oportunidades, nós não aproveitamos as nossas, tivemos mais consideravelmente. Mas quando não se faz o gol, dá a chance. Então, acredito que nós devemos seguir.

- A mensagem é que essa equipe continua sendo vencedora. Realmente é um tropeço é uma dificuldade, um golpe muito duro chegar até aqui e não vencer, mas nós temos que seguir, vamos seguir e, com certeza, os títulos irão aparecer.

Últimas