Futebol Diego Forlán analisa rivalidade entre Real e Atlético: 'É muito especial'

Diego Forlán analisa rivalidade entre Real e Atlético: 'É muito especial'

Uruguaio fez história com a camisa colchonera entre 2007 e 2011, e viveu intensamente o clássico da capital. Clubes se enfrentam pelo primeiro Derby da temporada neste sábado

Lance
Lance

Lance

Lance

Vencedor do prêmio Pichichi, de artilheiro da LaLiga, em duas oportunidades, Diego Forlán é uma lenda do campeonato espanhol. Não à toa é um dos embaixadores da Liga, muito por conta do que fez com as camisas de Villarreal e Atlético de Madrid - curiosamente, os dois clubes que mais defendeu durante sua longa carreira, de mais de duas décadas.

E foi justamente na capital espanhola, entre 2007 e 2011, que o uruguaio viveu intensamente o grande clássico nacional com o Real, o chamado Derby de Madrid - que será disputado na tarde deste sábado, às 17h (de Brasília), no estádio Alfredo Di Stéfano.

- A rivalidade entre Atlético de Madrid e Real Madrid é como a de todos os times da mesma cidade, são dois grandes clubes que querem ser os melhores da região. Por isso, é um ótimo derby de se ver e, claro, de se jogar - disse.

Como toda grande rivalidade, muitas partidas ficam gravadas na memória dos envolvidos - sejam eles jogadores ou torcedores. Para Forlán, o Derby disputado na LaLiga 2008/2009, em plena casa merengue, foi para lá de especial.

- Nós jogamos demais... minha melhor lembrança do clássico foi quando empatamos no Bernabéu. Eles marcaram no último minuto, mas eu já havia feito um gol no início do jogo. E eu ainda acertei a trave. Merecemos a vitória naquele jogo, mas eles marcaram no último minuto e empatamos - relembrou.

Desde então, Real e Atlético protagonizaram diversos duelos decisivos, como a final da Copa do Rei 2012/2013 e a Supercopa da UEFA - vencidas pelos colchoneros -, além das decisões da Liga dos Campeões, em 2013/2014 e 2015/2016, e da Supercopa da Espanha, em 2014 e 2019 - que tiveram os Blancos como grandes campeões. Isso, sem falar nas partidas disputadas em outras fases de mata-mata e também no Campeonato Espanhol.

- Cada Derby é especial. Estar lá, não importa se foi no Vicente Calderón ou no Santiago Bernabéu... todos estão esperando pelo jogo, na cidade e em todo o país. E a LaLiga é assistida em todo o mundo. Você sabe que muitas pessoas verão o clássico, e isso te deixa ainda mais animado para jogar - concluiu o uruguaio - que, em todo o período que defendeu as cores do Atleti, enfrentou o Real Madrid em dez oportunidades, com um empate e nove derrotas, marcando quatro gols

Últimas