Futebol Diante do Nova Iguaçu, Botafogo defende invencibilidade contra os pequenos do Rio de Janeiro em 2021

Diante do Nova Iguaçu, Botafogo defende invencibilidade contra os pequenos do Rio de Janeiro em 2021

Na Taça Guanabara, o Alvinegro somou três vitórias, cinco empates e nenhuma derrota contra os pequenos

Lance
Lance

Lance

Lance

Neste domingo, às 18h, o Botafogo estreia na Taça Rio de 2021, no estádio Nilton Santos, contra o Nova Iguaçu. O confronto de 180 minutos vale vaga na final da competição, mas também é importante para o Alvinegro defender a invencibilidade contra os times pequenos do Rio de Janeiro na temporada. O Glorioso encerrou a Taça Guanabara com três vitórias e seis empates. As duas únicas derrotas vieram para Flamengo e Fluminense.

> Veja quem entrou em campo pelo Botafogo na temporada de 2021

Contra Boavista, Resende, Bangu, Madureira, Portuguesa, Volta Redonda, Macaé e o próprio Nova Iguaçu, o Glorioso sofreu cinco gols e marcou 13. Além disso, contra essas equipes, o Botafogo teve três vitórias e cinco empates. Isso mostra que, dos 24 pontos possíveis nesse espaço amostral, 14 foram conquistados.

Entre empates e vitórias, alguns jogos foram mais fáceis, porém outros foram mais difíceis. Contra Resende e Macaé, o Botafogo foi superior e conseguiu aplicar 3 a 0 e 4 a 0, respectivamente. No entanto, contra Portuguesa, Madureira e Volta Redonda, por exemplo, o empate foi suado.

> Veja a tabela do Campeonato Carioca

O adversário da vez, o Nova Iguaçu, foi o time que passou mais perto de encerrar essa invencibilidade do clube de General Severiano. As equipes se enfrentaram em Bacaxá na sexta rodada da Taça Guanabara, e o time da Baixada Fluminense vencia até os 45 do segundo tempo. Entretanto, em apenas cinco minutos, Ênio e o então estreante Marco Antônio deixaram o Botafogo em vantagem.

Essa partida, inclusive, foi especial para o camisa 70 do Botafogo. Marco Antônio entrou no lugar de Warley aos 15 minutos da etapa final e conseguiu contribuir com uma assistência e um gol. Em entrevista recente à Botafogo TV, ele projetou o duelo e destacou que, dessa vez, a Laranja Mecânica da Baixada fará um jogo mais difícil.

- Ótima lembrança, na minha estreia, contra o Nova Iguaçu, pude fazer um gol e dar um passe (assistência). Mas agora é outro campeonato, é um mata-mata, e o Nova Iguaçu vem mais preparado para esse jogo. Sabemos da dificuldade que vai ser, mas esperamos fazer um grande jogo e quem sabe eu possa fazer um gol e contribuindo com passe e a equipe saindo com a vitória.

Em tempo: as equipes voltam a campo no próximo domingo, às 18h, para o jogo da volta. O time que avançar encara o ganhador do confronto entre Madureira e Vasco, que estão na outra chave da semifinal.

Últimas