Futebol Di María comemora vaga na final, mas diz que PSG não terá vida fácil

Di María comemora vaga na final, mas diz que PSG não terá vida fácil

Argentino foi eleito o melhor da partida pela Uefa e participou de todos os gols do Paris Saint-Germain na vitória sobre o Leipzig

Lance
Di María festeja com Neymar em vitória do PSG

Di María festeja com Neymar em vitória do PSG

Lance

Melhor em campo na classificação do PSG para a final da Liga dos Campeões, o meia Ángel Di María falou após o jogo contra o RB Leipzig que o clube francês não terá vida fácil na decisão, independente de quem for o adversário. O argentino participou dos três gols na vitória por 3 a 0 nesta terça-feira (18).

— Vai ser muito difícil. Do dia de hoje até a final será complicado dormir. Vai ser muito difícil, venha quem venha. Muitos jornalistas disseram que a liga alemã e a francesa eram mais fracas e colocamos quatro nas semifinais. Vamos trabalhar e tentar conquistar o título.

De fora da partida contra a Atalanta, nas quartas de final, por suspensão, o argentino disse que seus companheiros o disseram que jogariam a partida contra os italianos por ele.

— Estou muito feliz. O prêmio é de todo mundo. Fizemos um grande trabalho, um grande jogo. Cheguei para fazer história no clube e vamos para esta final para isso. Estão todos de parabéns. Eu fiquei triste por não jogar as quartas de final. Meus companheiros me disseram que iriam dar a vida para que eu pudesse jogar a semi.

Campeão da Liga dos Campeões em 2014, com o Real Madrid, Di María disse que o Estádio da Luz traz boas energias ao jogador. Na decisão de seis anos atrás, os espanhóis venceram o Atlético de Madrid justamente no local da partida desta terça e onde será a final no domingo.

— Eu ganhei aqui em Lisboa em 2014. Acredito que tenha uma boa energia. Nosso grupo é forte, é um grupo espetacular. Alcançamos todos os objetivos até aqui. Estamos a um passo de fazer história.

Neymar repete moicano e põe PSG na final da Champions. Veja as fotos

Últimas