Futebol Déjà-vu? São Paulo tem sequência que o colocou na liderança do Brasileirão

Déjà-vu? São Paulo tem sequência que o colocou na liderança do Brasileirão

Tricolor enfrenta o Atlético-GO, adversário em que começou a arrancada rumo ao primeiro lugar da competição nacional. Momentos na temporada são muitos parecidos 

Lance
Lance

Lance

Lance

O São Paulo reencontrará um adversário que foi importante na temporada para os comandados de Fernando Diniz. No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o Tricolor vinha em má fase e venceu o Dragão por 3 a 0, no Morumbi. Foi o começo da arrancada que levou o clube à liderança do torneio.

Rojas com futuro indefinido: Veja os jogadores do São Paulo que têm contrato somente até 2021

Naquela ocasião, São Paulo e Atlético-GO duelaram pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pressionado por sete jogos sem vitórias e a recente eliminação na fase de grupos da Copa Libertadores, um tropeço poderia significar a queda de Fernando Diniz no Morumbi. Porém, o Tricolor venceu por 3 a 0, com dois gols de Brenner e um de Gabriel Sara.

SIMULE OS JOGOS DO SÃO PAULO NO BRASILEIRÃO

Esse triunfo renovou as energias do São Paulo, que passou por uma sequência incrível invicta e alcançou a liderança do Campeonato Brasileiro.

Venceu Palmeiras (2 a 0), Flamengo (4 a 1), Goiás (2 a 1 e 3 a 0), Fortaleza (3 a 2), Bahia (3 a 1), Sport (1 a 0) e Botafogo (4 a 0). Ainda empatou com Ceará (1 a 1)
,Grêmio (0 a 0) e Vasco (1 a 1). Portanto, onze jogos invicto com oito vitórias e três empates.

O time só foi perder a invencibilidade contra o Corinthians, na derrota por 1 a 0 na Neo Química Arena. O Tricolor já era líder do Brasileirão com 50 pontos, dois a menos que o Flamengo, então vice-colocado, quatro do Atlético-MG, terceiro lugar e a incríveis nove do Internacional, hoje primeiro colocado do Brasileirão.

Depois do Atlético-GO, o São Paulo tem pela frente até o final do Brasileiro, Palmeiras (casa), Ceará (casa), Grêmio (fora), Botafogo (fora) e Flamengo (casa). Chance de repetir essa sequência e trazer para casa o troféu de campeão brasileiro, que não vem desde 2008.

Últimas