Futebol De reforço estrelado à reserva, Nikão decepciona em temporada no São Paulo

De reforço estrelado à reserva, Nikão decepciona em temporada no São Paulo

Após bom ano no Athletico-PR, Nikão chegou como o camisa 10 e com a expectativa de ser um dos reforços mais fortes do ano para o Tricolor paulista

Lance
Lance

Lance

Lance

Com contrato até dezembro de 2024, Nikão chegou ao São Paulo em janeiro, vestiu a camisa 10 e foi visto com fortes expectativas. Entretanto, com o passar da temporada, o meia-atacante foi de 'reforço estrelado' à reserva - e agora, lida com um futuro incerto no elenco de Rogério Ceni.

Antes de vestir a camisa do Tricolor paulista, Nikão atuava no Athletico-PR. No Dragão, sua passagem foi extremamente vitoriosa. Com 314 jogos, 49 gols e 47 assistências, o jogador era visto como decisivo. Destes gols marcados, 21 deles foram em mata-matas.

Olho no mata-mata: relembre o retrospecto do Brasil nas oitavas de Copas do Mundo

Veja tabela da Copa do Mundo e simule os próximos jogos

Com este histórico, a chegada de Nikão ao Morumbi foi vista como um forte entusiasmo. Mas não foi assim que aconteceu. O camisa 10 disputou somente 32 jogos na temporada, com quatro gols e quatro assistências. Destas partidas, foi reserva em mais da metade: 17.

Nesta temporada, a última vez que esteve em campo foi em agosto, contra o Fortaleza, e ficou somente três minutos em campo. Um dos grandes motivos para essa perda de espaço foi uma lesão sofrida justamente nesse jogo.

Após sentir dores na partida contra o Fortaleza, Nikão foi diagnosticado com uma avulsão no músculo adutor da coxa esquerda - a mesma que Luan, seu companheiro de equipe, sofreu. Quando Luan foi diagnosticado, em outubro de 2021, só retornou aos gramados cerca de seis meses depois.

Mas este não foi o único problema médico do camisa 10 no ano. A primeira foi uma entorse no tornozelo, depois lidou com dores frequentes na região. Ao todo, entre maio e julho, foram quase 20 jogos afastados.

Ou seja, mesmo que visto como a 'principal contratação da temporada', Nikão quase não foi aproveitado - tanto pelas lesões quanto pela queda de ritmo. Além de tudo isso, seu futuro no São Paulo é incerto para a próxima temporada.

Conforme o LANCE! adiantou, o São Paulo quer marcar uma reunião com Paulo Roberto Falcão, ex-volante do clube e atual coordenador de futebol do Santos, para buscar uma resposta final e tentar uma troca que levará dois jogadores do Peixe para o estádio do Morumbi.

Esta negociação se pauta por interesses no goleiro John e no lateral-esquerdo Lucas Pires. Em troca, além de Luan e Liziero - que retorna de empréstimo - o nome de Nikão também estaria envolvido.

Caso seu futuro seja mesmo no São Paulo, a expectativa é que o camisa 10 consiga suprir um pouco mais com as expectativas criadas em torno da sua contratação no começo do ano.

Últimas