Futebol Cuca revela frustração por gols perdidos pelo Santos em empate contra o Grêmio

Cuca revela frustração por gols perdidos pelo Santos em empate contra o Grêmio

Peixe saiu na frente, mas cedeu empate no último minuto pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores

Lance
Lance

Lance

Lance

O técnico Cuca lamentou as chances que o Santos perdeu no empate em 1 a 1 contra o Grêmio, nesta quarta-feira (09), pelo confronto de ida das quartas de fina da Libertadores, em Porto Alegre. O Alvinegro saiu na frente na primeira etapa, com Kaio Jorge, teve chances de liquidar a partida, não conseguiu e viu os gremistas empatarem, de pênalti, nos acréscimos do jogo.

- Jogo teve de tudo, deixa sabor bom pelo que o time jogou. São poucos times que envolvem o Santos, sempre batemos de frente. Fica a frustração pelos gols perdidos em uma bela partida e maneira como tomamos o gol no fim do jogo, com um jogador expulso - disse o treinador do Peixe em entrevista coletiva ao fim da partida.

No primeiro tempo, o Santos chutou quatro vezes ao gol do Grêmio, que, por sua vez, finalizou apenas uma. Desses tiros, nenhum havia sido no alvo, por parte do Tricolor Gaúcho. Já na segunda etapa o número foi equilibrado, com os gremistas finalizando 10 vezes, sendo quatro no alvo, contra sete do Peixe, três certas.

- Grêmio não teve reais chances de gol, aquele momento de pensarmos que íamos empatar. Fizemos as trocas em cima do cansaço. Jogadores sentiram, foi muita intensidade nossa. Se antes do jogo soubéssemos que era 1 a 1, seria um baita resultado. E não foi um baita resultado pelo que jogamos - comentou o comandante santista.

O jogador expulso foi o meia Diego Pituca, que, além de desfalcar o Alvinegro neste domingo (13) contra o Flamengo, às 16h, no estádio do Maracanã, pela 25ª rodada do Brasileirão, por ter recebido o terceiro cartão amarelo no empate em 2 a 2 contra o Palmeiras, no último sábado (05), pela 24ª rodada da competição nacional, na Vila Belmiro, também ficará de fora do jogo de volta das quartas de final da Libertadores, na próxima quarta-feira (16), às 19h15, na Vila Belmiro.

- Cada jogo é uma história, temos que pensar no Flamengo. Temos que administrar muitas coisas, um resultado ruim entre aspas pelas circunstâncias. Administrar problemas de todo dia. Geramos prazer em trabalhar. Saio triste por eles, mereciam a vitória. Vamos pensar positivo, por mais dolorido que seja. Temos mais uma oportunidade quarta que vem - pontuou Cuca.

Últimas