Futebol Cristiano Ronaldo é advertido pela Polícia após dar tapa em celular de jovem torcedor

Cristiano Ronaldo é advertido pela Polícia após dar tapa em celular de jovem torcedor

Na derrota para o Everton, em abril, o astro português quebrou o celular da mão de um menino autista a caminho do vestiário

Lance
O futuro de Cristiano Ronaldo segue indefinido; jogador português já foi recusado por PSG, Chelsea e Real Madrid

O futuro de Cristiano Ronaldo segue indefinido; jogador português já foi recusado por PSG, Chelsea e Real Madrid

Lance

Cristiano Ronaldo foi advertido pela polícia no início do mês por um incidente em uma derrota do Manchester United para o Everton, na temporada passada. Em abril deste ano, o astro português quebrou o celular de um menino autista de 14 anos que o estava filmando a caminho do vestiário após o fim do jogo.

"Podemos confirmar que um homem de 37 anos compareceu voluntariamente e foi entrevistado sob cautela em relação a uma agressão e danos criminais. A alegação está relacionada a um incidente após o jogo Everton x Manchester United no Goodison Park, 9 de abril. O assunto foi tratado por meio de cautela condicional. O assunto agora está concluído", comunicou a polícia de Merseyside nesta quarta-feira.

Após o incidente, Cristiano Ronaldo fez uma postagem no Instagram em que admitiu o erro, reconheceu a importância de dar bons exemplos aos jovens e convidou o torcedor do Everton a assistir a uma partida do United em Old Trafford. Porém, a mãe do menino não aceitou e deixou o caso para a polícia.

O craque português foi interrogado pela polícia sob cautela em relação a uma suposta agressão e danos morais. O caso foi concluído e o ídolo do Manchester United concordou em pagar uma indenização à família do menino.

Tom Brady se torna atleta mais bem pago da NFL; confira os maiores salários

Últimas