Cria do Santos, Giovanni Manson justifica escolha pelo Ajax em sua ida para a Europa: 'Projeto e tamanho'

Destaque nas categorias de base santista, meia firmou o seu primeiro contrato profissional com a equipe holandesa, no início deste ano 

Lance

Lance

Lance

No início do ano o Santos perdeu para a Europa um dos principais destaques da sua categoria de base, o meia Giovanni Manson, que acertou a sua ida ao Ajax (HOL).

O garoto de 18 anos assinou o seu primeiro contrato como profissional com o clube holandês e, em contato exclusivo com o LANCE!, justificou a sua escolha pelos Godenzonens.

– O projeto e tudo aquilo que me foi apresentado. Além, claro, do tamanho da equipe mundialmente. Esses dois pontos foram determinantes para a minha escolha – disse à reportagem.

Embora inicie a sua trajetória na equipe de Amsterdã pelo Jong Ajax, time B, que disputa a segunda divisão do Campeonato Holandês, Manson já teve contato com os brasileiros que fazem parte do elenco principal, Danilo Pereira e David Neres, com quem teve contato mais próximo. O ex-santista também aguarda a chegada de Antony, negociado pelo São Paulo com o clube europeu no início do ano.

– Quando estive na Holanda, tive muito contato com o David Neres. É um jogador muito divertido e que me recebeu da melhor maneira. Ia sempre na casa dele. É um cara da “resenha” e muito engraçado. Conheci o anilo também, no Centro de Treinamento. Espero conhecer o Antony muito em breve e que, nós quatro juntos, possamos dar muitas alegrias e títulos ao clube – afirmou o jogador.

Giovanni Manson chegou ao Santos em 2015, para atuar pelo sub-13. Passou também por sub-15 e sub-17. No ano passado, esteve no elenco que disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior com a camisa santista. O Santos aciona o Ajax na justiça por punição, alegando ter prioridade na assinatura do primeiro contrato profissional do atleta e considerando o ato dos holandeses assédio.