Futebol Coronavírus: Três membros do Colônia testam positivo nos exames para o retorno da Bundesliga

Coronavírus: Três membros do Colônia testam positivo nos exames para o retorno da Bundesliga

De acordo com o comunicado oficial do clube, em sua rede social, ambos ficarão isolados no período de quarentena doméstica por 14 dias até que sejam realizados novos testes

Lance
Lance

Lance

Lance

Nesta sexta, o Colônia confirmou, por meio de sua rede social, que três membros do clube testaram positivo para o novo coronavírus nos exames realizados para um possível retorno do Campeonato Alemão. Segundo o comunicado, nenhuma das pessoas apresentaram sintomas da doença e serão isoladas no período de quarentena doméstica por 14 dias.

- A Colônia realizou toda a sua equipe, bem como seu pessoal de treinamento e supervisão, os testes COVID-19 e três pessoas apresentaram resultados positivos . Nenhum apresentou sintomas e após uma avaliação dos casos pela autoridade sanitária. Responsáveis, as três pessoas que deram positivo terão que passar por uma quarentena doméstica de 14 dias. O treinamento em Colonia pode continuar conforme o planejado, devido às medidas de controle de higiene e infecção implementadas desde 6 de abril - afirmou em comunicado oficial, no site do clube.

A Bundesliga foi interrompida no início de março e desde então segue sem previsão para uma possível volta de suas atividades. No entanto, os dirigentes dos principais clubes do país alegam que se o campeonato não voltar nos próximos meses, a liga entrará em colapso.

Para eles, a tendência é que os 82 jogos que faltam sejam disputados com os portões fechados, e o mínimo de pessoas nos estádios. No entanto, nenhuma data ainda foi definida, já que o risco de contágio é alto. Uma das principais consequências do encerramento da temporada fora do campo é o prejuízo financeiro que todos os clubes da Bundesliga podem ter.

Conforme divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o último relatório mostra que chegaram a 140 mil o número de mortos por coronavírus em toda a Europa.

Últimas