Futebol Corinthians tem ano com mais derrotas e gols sofridos em casa

Corinthians tem ano com mais derrotas e gols sofridos em casa

Somando todos os jogos de 2021, Timão já perdeu mais vezes do que nos anos anteriores em seu estádio

Lance
Lance

Lance

Lance

O Corinthians chegou ao quarto jogo consecutivo sem vencer na Neo Química Arena, que tem visto o desempenho do clube cair ano após ano jogando como mandante. Com Sylvinho, isso tem piorado e contra o Flamengo ele perdeu pela quinta vez no estádio. Assim, o time quebrou dois recordes negativos: o de mais derrotas (8) e o de mais gols sofridos (30) em um mesmo ano na Arena.

Desde a chegada do treinador, foram oito jogos do Timão no estádio, com cinco derrotas, dois empates e apenas uma vitória, contra o Sport, que já tem mais de um mês. Esse desempenho não tem incomoado apenas o torcedor, mas também o próprio Sylvinho, que falou sobre o tema em entrevista coletiva após o perder por 3 a 1 para o Rubro-Negro, no último domingo.



- Nós entendemos que o campeonato é bastante difícil, duro, nos incomoda os jogos em casa, a gente não tem tido resultados favoráveis, somatória de pontos, pelo contrário. Isso realmente incomoda, mesmo em um período de construção de um time, em um campeonato bastante difícil. Nós vamos seguir trabalhando para melhorar nossa performance em casa, performance no campeonato, mistura dos atletas, nós temos a chegadas de outros, que vão ajudar o grupo. A gente vai continuar disputando jogos, um campeonato difícil, melhorando nossas atuações, sobretudo dentro de casa - declarou.

Esse retrospecto desfavorável em casa tem trazido consequências para as estatísticas históricas da Neo Química Arena. Com o revés do último domingo, o Corinthians atingiu sua oitava derrota no estádio em 2021, quebrando a marca de 2018, quando foram sete derrotas. Naquele ano, o número de jogos perdidos correspondiam a 20% do total de partidas, já neste são quase 33%.

O número de derrotas acaba implicando também na quantidade gols sofridos. Assim, com os três marcados pelo Flamengo, o Timão passou a somar 30 gols cedidos em 2021. A maior quantia até aqui havia sido registrada em 2019, quando o time foi vazado 28 vezes no estádio. No entanto, isso aconteceu em 35 partidas, neste ano são apenas 25 jogos realizados em Itaquera.

Para completar, até aqui, o Corinthians tem o pior aproveitamento anual na Neo Química Arena desde a inauguração do estádio. São apenas 49,33% dos pontos disputados (25 jogos, dez vitórias, sete empates e oito derrotas).

Confira os números citados acima:

Aproveitamento na Neo Química Arena ano a ano:

2014 - 18 jogos, 12 vitórias, 5 empates e 1 derrota: 75,93%
2015 - 35 jogos, 26 vitórias, 6 empates e 3 derrotas: 80%
2016 - 34 jogos, 24 vitórias, 8 empates e 2 derrotas: 78,43%
2017 - 34 jogos, 20 vitórias, 11 empates e 3 derrotas: 69,61%
2018 - 35 jogos, 19 vitórias, 9 empates e 7 derrotas: 62,86%
2019 - 38 jogos, 19 vitórias, 13 empates e 6 derrotas: 61,40%
2020 - 23 jogos, 10 vitórias, 8 empates e 5 derrotas: 55,07%
2021 - 25 jogos, 10 vitórias, 7 empates e 8 derrotas: 49,33%

Aproveitamento com Sylvinho na Arena
8 jogos, 1 vitória, 2 empates e 5 derrotas: 20,83%

Aproveitamento antes de Sylvinho no ano
​17 jogos, 9 vitórias, 5 empates e 3 derrotas: 62,74%

Médias de Gols Sofridos Ano a Ano

2014 - 14 gols sofridos em 18 jogos - 0,78 por jogo
2015 - 21 gols sofridos em 35 jogos - 0,60 por jogo
2016 - 17 gols sofridos em 34 jogos - 0,50 por jogo
2017 - 24 gols sofridos em 34 jogos - 0,71 por jogo
2018 - 25 gols sofridos em 35 jogos - 0,71 por jogo
2019 - 28 gols sofridos em 38 jogos - 0,74 por jogo
2020 - 23 gols sofridos em 23 jogos - 1,00 por jogo
2021 - 30 gols sofridos em 25 jogos - 1,20 por jogo

Exemplo no esporte! Lewis Hamilton coleciona atitudes contra racismo

Últimas