Corinthians se anima com volta de Sidcley após treinos no isolamento

Lateral-esquerdo, que teve dificuldades para adquirir a melhor forma física antes da paralisação, voltou elogiado pela comissão técnica 

Sidcley precisava recuperar condição física

Sidcley precisava recuperar condição física

Lance

O período de treinos durante o isolamento provocado pela pandemia de coronavírus pode ter trazido um "reforço" para a lateral esquerda do Corinthians, mas não se trata de uma nova contratação e sim da recuperação de um jogador que não estava bem antes da paralisação: Sidcley, 27 anos, que foi elogiado pela comissão técnica nesta retomada e pode voltar ao time titular.

Leia mais: Como o estilo Tiago Nunes pode beneficiar Jô no Corinthians

Contratado no início da temporada por empréstimo junto ao Dynamo de Kiev, da Ucrânia, o lateral não chegou ao clube paulista com as melhores condições físicas, algo atestado até mesmo pelo técnico Tiago Nunes, durante a Florida Cup. Seu último jogo na Europa havia sido no fim de setembro de 2019, ou seja, mais de três meses até estrear pelo Timão, algo que acabou fazendo diferença.

Com a pré-temporada apertada pela viagem aos EUA e a disputa da fase preliminar da Copa Libertadores logo no início do ano, ele precisou estar pronto e à disposição do treinador antes de readquirir por completo a forma física ideal. E o resultado foi uma série de apenas quatro partidas oficiais com atuações abaixo da média e a consequente perda da posição de titular para os jovens Lucas Piton (recém-promovido da base) e Carlos Augusto.

No entanto, o período no isolamento acabou sendo produtivo para Sidcley alcançar a forma física que não conseguiu primeiros meses do ano. Além de seguir os treinos orientados pela comissão técnica do clube, ele contratou um personal trainer para ajudá-lo nas atividades. O movimento do atleta chamou a atenção dos profissionais corintianos, que se empolgaram com sua volta.

Entre os "admiradores" da condição física apresentada pelo lateral está o preparador físico Michel Huff, que elogiou publicamente o jogador em entrevista coletiva virtual, na última quinta-feira. Para Huff, Sidcley volta com outro tipo de performance, mesmo que ainda não seja o ideal, já que o trabalho específico para competições tem sido feito no CT Joaquim Grava.

Veja também: Quarentena impõe nova realidade a pais, alunos e educadores de todo o Brasil

- Foi um jogador que fez um bom trabalho nesta quarentena, a gente sempre manteve contato, quem conversou comigo sabia que a gente tinha grupos divididos, ele estava no meu grupo, fez de tudo, contratou personal, a gente manteve contato, respeitou as orientações, e agora vem com outro tipo de performance. Não é o ideal, temos que deixar claro, foi feito treino para manter treinabilidade. Ele aproveitou isso, não só ele, todos fizeram - explicou Huff.

Isso pode indicar que quando os treinos coletivos se aproximarem, Sidcley tende a retomar a titularidade, já que foi contratado justamente para ter esse status no time de Tiago Nunes. Com Carlos Augusto assediado pelo mercado europeu, Lucas Piton ainda jovem e Danilo Avelar definitivamente na zaga, ele deve fazer parte da equipe ideal corintiana quando as competições voltarem.

Eles são 'velhinhos', mas ainda valem muito dinheiro no futebol