Futebol Corinthians pode chegar aos mil pontos na era dos pontos corridos

Corinthians pode chegar aos mil pontos na era dos pontos corridos

Se vencer o Red Bull Bragantino, neste sábado, em Bragança Paulista, Timão atinge essa marca expressiva e se junta a um seleto grupo com São Paulo, Santos, Flamengo e Cruzeiro

Lance
Lance

Lance

Lance

O Corinthians entra em campo neste sábado, às 21h, para enfrentar o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista, para tentar voltar a vencer no Campeonato Brasileiro e, de quebra, atingir uma marca expressiva na era dos pontos corridos: a de mil pontos conquistados no período, se juntando a um seleto grupo de rivais como São Paulo, Santos, Flamengo e Cruzeiro.

Maior campeão da competição desde que ela começou a ser disputada nesse formato, em 2003, o Corinthians só deixou de participar de uma das edições, a de 2008, quando disputou a Série B em decorrência de sua queda, em 2007. Em compensação, conquistou os títulos de 2005, 2011, 2015 e 2017, mas pela ausência em um ano, sua pontuação geral é menor do que a de alguns rivais. Até aqui são 997 pontos corintianos somados em 17 participações.

O São Paulo, tricampeão consecutivo (2006/2007/2008) no formato, além de nunca ter caído, foi o primeiro a ultrapassar a barreira dos mil pontos por conta de sua regularidade na competição. Atualmente, o Tricolor tem 1.122 pontos e sobra na liderança desse ranking de pontuação desde 2003 até a edição atual.

Na segunda posição está o Santos, outro rival do Corinthians. Apesar de ter conquistado o campeonato nesse formato apenas uma vez (2004), o Peixe é outro clube muito regular na competição e foi o terceiro a ultrapassar a marca de 1.000 pontos, na 13ª rodada do Brasileirão-2019. Antes dele foi o Cruzeiro, que atingiu a marca na 3ª rodada da edição do ano passado. Hoje disputando a Série B, a Raposa soma 1.030 pontos e três títulos (2003/2013/2014).

O outro clube que já passou pela marca foi o Flamengo, que soma 1.027 pontos. Vale destacar que dentro de campo foram conquistados, na verdade, 1.031, porém em 2013, o Rubro-Negro perdeu quatro pontos por punição do STJD. Nessa contagem, os cariocas chegaram aos 1.000 pontos na 34ª rodada do BR-2019, quando conquistou seu segundo título (2009 e 2019) no formato.

Em termos de aproveitamento geral, o Timão se encontra na terceira colocação, tendo conquistado 51,93% dos pontos que disputou, atrás apenas do Santos, com 52,11% e do São Paulo, com 55,24%. Atrás dos corintianos estão dois concorrentes bem próximos: o Internacional (51,77%), que está a seis pontos de chegar aos mil, e o Palmeiras (51,77%), que só deve chegar aos mil em 2021.

Para se juntar a esse seleto grupo que pode ser de cinco clubes em breve, o Corinthians terá uma parada dura pela frente neste sábado, às 21h, no estádio Nabi Abi Chedid, onde enfrenta o Red Bull Bragantino, que vem em ascensão no campeonato e busca, assim como o Timão, fugir da zona de rebaixamento. Assim, conquistar o milésimo ponto não será tarefa fácil de conseguir, mas o atacante Léo Natel reconhece a grandeza do Alvinegro para esse desafio.

- Vai ser um jogo difícil, como tem sido os outros jogos, mas a gente é o Corinthians, a gente tem que entrar forte sempre, e eu tenho certeza que a gente vai entrar forte e a gente vai dar uma resposta, tenho certeza disso.

Confira o ranking de pontuação do Brasileirão na era dos pontos corridos:

1) São Paulo - 1.122 pontos
2) Santos - 1.060 pontos
3) Cruzeiro - 1.030 pontos
4) Flamengo - 1.027 pontos (1.031 pontos sem a punição do STJD)
5) Corinthians - 997 pontos
6) Internacional - 994 pontos
7) Grêmio - 976 pontos
8) Fluminense - 952 pontos
9) Atlético-MG - 928 pontos
10) Palmeiras - 921 pontos

Últimas