Futebol Corinthians de Sylvinho tem apenas uma vitória na Neo Química Arena; aproveitamento segue baixo

Corinthians de Sylvinho tem apenas uma vitória na Neo Química Arena; aproveitamento segue baixo

Nesta temporada, Timão conquista menos de 50% dos pontos que disputa em Itaquera. Técnico admite incômodo com o retrospecto ruim atuando dentro de casa

Lance

Os números do Corinthians nesta temporada 2021 são bem ruins e isso é notório, mas o que chama a atenção mesmo é o péssimo retrospecto na Neo Química Arena, que era uma fortaleza para o time em momentos anteriores. Com Sylvinho, isso piorou, já que o técnico tem apenas uma vitória no estádio e somou mais uma derrota no último sábado, de virada, para o Atlético-MG.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Jemerson e Otero dão adeus! Veja quem já deixou o Corinthians em 2021

Até aqui, com o atual treinador, são sete jogos em Itaquera, quatro derrotas, dois empates e um triunfo, o que resulta em um aproveitamento de 23,81% dos pontos disputados. Em outras palavras, conquista menos de um ponto a cada três que está em jogo, algo extremamente baixo para os padrões corintianos dentro de sua casa, que sempre foi temida pelos adversários.

Antes da chegada de Sylvinho, o retrospecto era de 11 jogos, seis vitórias, três empates e duas derrotas, aproveitamento de 63,63% dos pontos, quase três vezes maior que o atual. O treinador reconheceu que o número é bem baixo, mas ressaltou a falta do torcedor no estádio e a força dos adversário que enfrentou como mandante desde a sua chegada, há mais de um mês e meio.

- Incomoda, é nossa casa. Estamos passando todos por um momento difícil. Pandemia, estádios vazios. Sentimos mais. Isso está nítido. Trabalhamos para reconduzir isso e trazer a força do nosso estádio, do nosso torcedor, que não pode comparecer. Temos de buscar formas e mais pontos em casa. Também é bem verdade que alguns adversários estão lutando por coisas bastante importantes e temos de dizer que a qualidade do adversário também importa nesse percentual. Mas é um percentual baixo. Temos de performar melhor - afirmou o comandante corintiano em coletiva após o duelo com o Galo.

O aproveitamento, de fato, é péssimo com Sylvinho, mas não é de hoje que ele vem caindo. A última temporada já havia sido a de pior índice na Neo Química Arena, conquistando apenas 56,32% dos pontos que disputou. No entanto, os números desta temporada atual tende a ser piores, uma vez que o índice após a derrota para o Atlético-MG está em 48,15%, ou seja, a equipe não conquistou nem metade dos pontos que disputou em sua própria casa até aqui.

Com 11 jogos a menos em casa do que na temporada passada, o Timão já igualou o número de derrotas e com mais uma empata com 2018 como a temporada que mais perdeu jogando em Itaquera. A situação preocupa e a esperança é de que uma futura volta de publico possa reverter esse incômodo e o estádio volte a ser uma fortaleza quase intransponível pelos adversários.

Confira o aproveitamento na Neo Química Arena temporada a temporada:

2014 - 18 jogos, 12 vitórias, 5 empates e 1 derrota: 75,93%
2015 - 35 jogos, 26 vitórias, 6 empates e 3 derrotas: 80%
2016 - 34 jogos, 24 vitórias, 8 empates e 2 derrotas: 78,43%
2017 - 34 jogos, 20 vitórias, 11 empates e 3 derrotas: 69,61%
2018 - 35 jogos, 19 vitórias, 9 empates e 7 derrotas: 62,86%
2019 - 38 jogos, 19 vitórias, 13 empates e 6 derrotas: 61,40%
2020 - 29 jogos, 13 vitórias, 10 empates e 6 derrotas: 56,32%
2021 - 18 jogos, 7 vitórias, 5 empates e 6 derrotas: 48,15%

Aproveitamento com Sylvinho
7 jogos, 1 vitória, 2 empates e 4 derrotas: 23,81%

Aproveitamento antes de Sylvinho na temporada
​11 jogos, 6 vitórias, 3 empates e 2 derrotas: 63,63%

Cássio - Corinthians x Atlético-MG

Cássio - Corinthians x Atlético-MG

Lance

Aproveitamento é baixo na Arena (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Últimas