Futebol Corinthians confirma rescisão contratual com o meia-atacante Willian

Corinthians confirma rescisão contratual com o meia-atacante Willian

Questões pessoais e familiares foram fundamentais na decisão do meia-atacante do Timão; Clube lamentou a saída e desejou sorte ao jogador

Lance
Lance

Lance

Lance

Na tarde desta sexta-feira (12), o Corinthians confirmou ter aceitado o pedido feito pelo meia-atacante Willian de rescisão contratual. Dessa forma, o camisa 10, que tinha contrato com o Timão até o fim de 2023, não faz mais parte do clube alvinegro.

+ GALERIA - Relembre 10 momentos da segunda passagem de Willian pelo Timão

O atleta confirmou que a decisão de encerrar antecipadamente seu vínculo com o Time do Povo foi motivada principalmente pelas constantes ameaças que ele e sua família vinham recebendo. Durante sua segunda passagem no Parque São Jorge, ele abriu dois Boletins de Ocorrência em decorrência de ameaças sofridas por ele e seus familiares.

- Os motivos da minha saída são as ameaças que sofri, principalmente minha família. As ameaças nunca pararam. Sempre que o Corinthians perdia e se às vezes eu não estava bem no jogo, minha família recebia ameaça, xingamentos nas redes sociais. Minha esposa, minhas filhas, depois de um tempo começaram também atacar meu pai, minha irmã - disse Willian ao "ge".

Através de um pronunciamento do presidente Duílio Monteiro Alves, o clube corroborou a versão do atleta e lamentou a saída do ex-camisa 10.

- Infelizmente, eles não se adaptaram. O Willian nos procurou pedindo a rescisão, e nós no Corinthians entendemos que um jogador desse custo, elevado, fizemos um esforço muito grande, e ele também para voltar. A gente fica chateado de não ter o Willian por mais tempo, até o final do contrato. Fica chateado o rendimento não ter sido o que a gente esperava, ele também está. Entendemos ser o melhor para o Corinthians e para o Willian, era melhor a rescisão nesse momento, por ser um valor alto, e pelo Willian não estar feliz. Por não estar feliz, não estava rendendo o que podia. O Corinthians é muito grande, clube maravilhoso, e a gente tem que ter aqui quem está feliz. Por isso a gente aceitou essa rescisão e deseja todo sucesso na sequência da carreira dele - disse Duílio à Corinthians TV.

O mandatário do Timão reiterou que o clube alvinegro não irá arcar com nenhuma multa após a rescisão contratual do atleta. Como apurou o LANCE!, o Corinthians terá uma economia de R$ 10,5 milhões na folha salarial com o desligamento do meia-atacante.

- Muitos perguntam se vai pagar multa, se existe clube comprando o Willian. Não existem negociações com clubes, é um pedido direto do atleta por não estar feliz no Brasil, e consequentemente no Corinthians, por falta de adaptação da família. Ele veio livre do Arsenal, o Corinthians não pagou nenhum valor ao clube, fez o acerto direto com o atleta, só em termos de salário e contrato de imagem. A gente terminando o contrato hoje, o Corinthians não paga mais nada ao Willian, e não vai ter valor de compensação por uma venda. Ele optou por jogar aqui, conseguiu sua liberação do Arsenal, e hoje a gente se despede dele, com tristeza de ver um ídolo partindo, mas desejando toda sorte do mundo para ele - concluiu Duílio.

O atleta de 34 irá decidir seu futuro na Europa, e o destino deve ser o Fulham, da Inglaterra, que demonstrou interesse no meia-atacante. O Fenerbahçe, da Turquia, também está interessado pelo atleta, mas o desejo dele e da família em voltar para Londres, onde viveu durante oito anos, pesa na escolha. O meia-atacante jogou pelo Chelsea entre 2013 e 2020 e no Arsenal entre 2020 e 2021.

+ TABELA - Timão briga no Brasileirão? Simule os jogos

RELAÇÃO COM VÍTOR PEREIRA

A saída de Willian tem a ver com questões familiares. Inclusive, o atleta nega que tenha tido problemas de relacionamento com o técnico Vítor Pereira e que isso tenha sido um dos motivos em sua decisão.

- Não tive nenhum problema com o treinador. Não tive problema com ninguém do clube na verdade, sempre fui tratado com muito respeito e muito carinho dentro do clube, tanto pelos funcionários quanto pelos jogadores, pelo Duilio, pelo Alessandro, o Roberto de Andrade, todos. A comissão técnica ali também, não tive problema com nenhum - comentou Willian ao "ge".

NÚMEROS PELO TIMÃO

O dia 30 de agosto marcaria um ano da contratação de Willian pelo Corinthians. Neste período, ele disputou 45 jogos pelo clube e marcou um gol. Somando as duas passagens, o meia-atacante tem 86 jogos e três gols marcados pelo Timão.

A diretoria alvinegra corre contra o tempo para achar um substituto no mercado, tendo em vista que o prazo final para inscrever novos atletas vai até segunda-feira (15). O Corinthians voltou a sonhar com a contratação do atacante Michael, ex-Flamengo, que deseja retornar ao Brasil, mas a negociação é vista como complicada pela diretoria corintiana.

Últimas