Futebol Concorrentes por vaga no Corinthians, volantes revelam parceria forte no dia a dia

Concorrentes por vaga no Corinthians, volantes revelam parceria forte no dia a dia

Xavier, Camacho e Roni rivalizam por vaga no meio-campo do Timão para enfrentar o Flamengo, neste domingo, mas são amigos e trocam experiência dentro e fora de campo

Lance
Lance

Lance

Lance

Desde a partida contra o Athletico-PR, na última quarta-feira, Vagner Mancini sabia que teria um desfalque importante no meio-campo do Corinthians por conta da suspensão de Gabriel. De lá para cá, três possíveis substitutos despontaram como favoritos: Xavier, Camacho e Roni. Acontece que a rivalidade deles é apenas pela vaga, pois fora de campo a amizade é forte.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Timão pode ter pior artilheiro na década; confira os goleadores desde 2011

Em entrevista para a TV oficial do Timão, o trio falou dessa relação próxima nutrida no dia a dia do clube, entre vestiários, concentração e treinamentos, além de, é claro, nos momentos no gramado. Embora sejam de gerações diferentes, a troca de experiências fortalece ainda mais o convívio.

Xavier (20 anos) e Roni (21 anos) se conhecem do tempo da base corintiana, ou seja, dividiam as situações antes mesmo de subirem para o profissional. Quando foram promovidos, a amizade continuou e a parceria ficou mais forte.

- Xavier é um parceirão, só resenha. É um grande jogador, joguei muito tempo com ele na base, é um cara que passa muita firmeza para você, para quem está jogando do lado dele, eu posso falar, porque eu joguei ao lado do Xavier, e eu sinto muita confiança e muita firmeza, uma cara que passa muita confiança para o companheiro, e é aquele jogador forte, raçudo, um bom jogador - contou Roni.

- Conheço ele desde a base, Roni é o meu parceirão, parceiro de concentração, parceiro de tudo, então desejo tudo de melhor para ele, nós vamos seguir juntos aí, se Deus quiser - disse Xavier.

Dez anos mais velho que a dupla, Camacho faz o papel de jogador experiente recebendo os mais jovens. Uma coincidência revelada recentemente uniu ainda mais o volante ex-Audax com Xavier. Isso porque ambos fazem aniversário no dia 2 de março e trocam ideias constantemente durante a rotina das competições. Para o meio-campista de 30 anos, essa troca só ajuda ambos.

- Ele (Xavier) veio falar isso (aniversário no mesmo dia) comigo, legal para caramba, é um moleque que eu gosto para caramba, a gente está sempre conversando, no vestiário a gente senta um do lado do outro, então eu tento ajudar ele, como ele me ajuda em outros aspectos, então acho que isso só tem a aumentar a experiência deles, acho que eles estão bem esse ano, estão se preparando bem e tem tudo para serem grandes jogadores - afirmou Camacho.

- Os dois fazem aniversário no dia 2 de março. Camacho é sensacional, cara que me ajuda bastante e ele é parceiro, é uma honra fazer aniversário no mesmo dia que ele - comemorou Xavier, elogiando seu companheiro.

- (Camacho) É um jogador muito técnico, muito pensado, como dizem, o corpo é só uma ferramenta para ele, acho um cara muito inteligente - concluiu Roni.

Os três são candidatos a substituir o volante Gabriel, suspenso pelo terceiro amarelo, na partida diante do Flamengo, neste domingo, às 16h, no Maracanã, pela 36ª rodada do Brasileirão-2020. O Corinthians está na oitava posição.

Últimas