Futebol Companheiro de R10 no México: 'Nunca o vi treinar em uma segunda'

Companheiro de R10 no México: 'Nunca o vi treinar em uma segunda'

Patricio Rubio contou detalhes sobre a rápida passagem de Ronaldinho pelo Querétaro. Astro brasileiro ia para Cancún em avião particular após jogos nas sextas

Lance
Lance

Lance

Lance

A passagem de Ronaldinho Gaúcho pelo México, onde atuou no Querétaro em 2015, seu penúltimo clube na carreira, foi marcada por polêmicas e diversões por parte do brasileiro. Patricio Rubio, atualmente no Everton chileno, contou detalhes sobre a trajetória do ex-jogador do Barcelona na América Central ao canal “Peloteros TV”.

- Nós jogávamos sempre às sextas em casa, porque no México cada equipe tem seu próprio calendário para todo o campeonato. Quando acabava uma partida, Ronaldinho pegava um avião particular e ia para Cancún ou Playa del Carmen.

Após jogar as sextas em seus domínios, todos os jogadores deveriam voltar aos treinamentos as segundas, porém não era o que acontecia com o astro.

- Ele voltava nas terças. Eu nunca o vi treinando em uma segunda-feira. Era um craque.

Após menos de um ano no futebol mexicano, Ronaldinho voltou para um Brasil em uma rápida passagem pelo Fluminense, seu último clube como profissional. Desde 2018 anunciou oficialmente a sua aposentadoria dos gramados. Hoje, o brasileiro está no Paraguai ao lado de seu irmão, Assis, buscando esclarecer os fatos sobre uma suposta entrada no país com documentos falsos.

Últimas