Futebol Com desfalques e histórico favorável, Fluminense encara o Criciúma nas oitavas de final da Copa do Brasil

Com desfalques e histórico favorável, Fluminense encara o Criciúma nas oitavas de final da Copa do Brasil

Em 23 confrontos, Tricolor emplacou 14 vitórias, 4 empates e 5 derrotas; última vez que clubes se enfrentaram foi na Copa do Brasil de 2017

Lance
Lance

Lance

Lance

Nesta terça-feira, o Fluminense encara o Criciúma, às 19h15, no Estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina. O jogo, válido pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil, é visto como uma das prioridades da equipe. Ao longo da história, os clubes já se enfrentaram em 23 ocasiões, em confrontos que via de regra favoreceram o mandante da vez.

Na Copa do Brasil, o Criciúma vem avançando com dificuldade desde a primeira fase. Ainda sem vencer na competição, o time acumula quatro empates e conseguiu a classificação em disputas de pênaltis contra o América Mineiro, na terceira fase, e Ponte Preta, para as oitavas.

+ Veja como foi o último jogo do Fluminense na Copa do Brasil

O Fluminense, por sua vez, entrou na competição já na terceira fase e teve o Red Bull Bragantino como adversário. No Maracanã, venceu a partida de ida por 2 a 0, com gols de Fred e Abel Hernández. Em Bragança Paulista, o placar terminou com 2 a 1 para o mandante, mas o gol de Nene garantiu a classificação para as oitavas.

Desde 1981, Tricolor e Tigre participaram de 23 confrontos. No Rio de Janeiro, o Flu venceu 11 vezes, empatou 2, e nunca perdeu em casa. Como visitante, a situação é diferente: o time tem 3 vitórias, 2 empates e 5 derrotas. A última vez que os clubes se enfrentaram também foi pela Copa do Brasil, em 2017, ocasião em que o Fluminense eliminou o Criciúma na terceira fase do campeonato por 4 a 3 no placar acumulado.

> Confira os duelos das oitavas de final da Copa do Brasil

Ainda que o clube esteja focado na classificação para as quartas de final, o time de Roger Machado não poderá contar com jogadores importantes. Nino, convocado pela Seleção Olímpica, está em Tóquio e será desfalque na Copa do Brasil. Caio Paulista, que sentiu um estalo na articulação no jogo contra o Palmeiras, não é presença confirmada para a partida.

Luccas Claro, referência defensiva na ausência de Nino, estará presente mas pode ser que não jogue, pois sofreu um edema durante a semana de treinamento. Fred, em recuperação após a mesma lesão do zagueiro, atuou na última rodada e deve entrar em campo.

Sem poder contar com o elenco principal completo, o Fluminense não terá muito tempo para avaliar as alternativas ou recuperar os atletas. A partida de volta está marcada para o sábado, às 16h30, no Maracanã.

Na próxima terça, o time enfrenta o Cerro Porteño também em casa, às 19h15, em jogo que decide a classificação para as quartas de final da Libertadores. Neste panorama, o Tricolor precisa emplacar uma sequência de vitórias em poucos dias para avançar nas competições.

*Estagiária sob a supervisão de Sergio Santana

Últimas