Futebol Casares, sobre acordo com Daniel Alves: 'O São Paulo foi responsável'

Casares, sobre acordo com Daniel Alves: 'O São Paulo foi responsável'

Em entrevista à 'Band', presidente do Tricolor comentou negociações para rescindir o contrato com o lateral-direito, que não rendeu o que esperava no clube do Morumbi

Lance
Lance

Lance

Lance

O presidente do São Paulo, Julio Casares, falou das negociações para rescindir o contrato do lateral Daniel Alves, que foi finalizado na última semana. De acordo com o mandatário, o Tricolor foi responsável ao tomar a decisão.

- O Daniel Alves é um grande jogador, um jogador internacional. Veio para o São Paulo com um salário completamente incompatível com a realidade do São Paulo e do futebol brasileiro. Na época, a diretoria anterior dizia que tinha dois projetos de marketing. Um interno e outro que externo, que pudessem subsidiar 60%, talvez 70% do salário. Isso não aconteceu, ficou impraticável essa sequência orçamentária - disse Casares em entrevista à 'Band'.

O mandatário do São Paulo também explicou o acordo realizado com o ex-camisa 10 do Tricolor, que receberá algo em torno de 400 mil reais em cinco anos pela rescisão do vínculo.

VEJA TABELA E SIMULE OS JOGOS DO CAMPEONATO BRASILEIRO

- Às vezes, o torcedor não entende e diz: 'Poxa, o Daniel precisa de uma liberação do São Paulo para ir até outro clube até o dia 24, por que fazer um acordo? Porque ele pode conseguir uma liminar na Justiça do Trabalho, vai para outro clube e entra com uma ação. O que nós estamos pagando poderia ser três, quatro vezes mais se ele fosse para a justiça, com juros, honorários advocatícios, multas, correção monetária... O São Paulo foi responsável - explicou Casares.

Dani chegou ao São Paulo com status de estrela do time em 2019, na época com um salário de R$ 1,5 milhão. A gestão passada do Tricolor, capitaneada por Leco, tinha o plano de colocar parceiros para ajudar a bancar os vencimentos do jogador, mas a ideia nunca saiu do papel.

Com problemas financeiros e a pandemia de Covid-19, o São Paulo passou a não acordar os valores com o jogador, aumentando a dívida. Dani se despediu do São Paulo com 95 jogos e o título do Campeonato Paulista de 2021.

Últimas