Futebol Casares afirma que CBF procurou Muricy no final do Brasileirão 2020; entidade confirma conversa

Casares afirma que CBF procurou Muricy no final do Brasileirão 2020; entidade confirma conversa

Coordenador técnico do São Paulo recebeu convite para trabalhar na comissão técnica da Seleção Brasileira, juntamente com Tite. No entanto, as conversas não revoluíram 

Lance
Lance

Lance

Lance

O coordenador técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, foi procurado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), para integrar a comissão técnica da Seleção Brasileira, juntamente com o técnico Tite e o Coordenador Juninho Paulista.

ATUAÇÕES: Volpi vive noite mágica e salva o São Paulo contra o Fluminense

A conversa aconteceu no final do Campeonato Brasileiro de 2020, quando o São Paulo terminou a competição na quarta colocação e Muricy havia começado o trabalho na diretoria do São Paulo, a convite do presidente Julio Casares. O mandatário do Tricolor confirmou a procura.

Começou o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

– O presidente da CBF, Rogério Caboclo, realmente convidou o Muricy para trabalhar na Seleção. Eu falei que não gostaria de abrir mão dele, que é um profissional sério, um patrimônio do São Paulo. E o Muricy não desejou largar esse projeto – afirmou Casares em entrevista à coluna da jornalista Monica Bergamo, na 'Folha de S. Paulo'.

Vale ressaltar que essa não foi a primeira vez que a CBF sondou Mury Ramalho para um cargo na Seleção. Em 2010, quando dirigia o Fluminense, ele foi chamado para dirigir a Canarinho, mas não aceitou.

Procurada pela reportagem do LANCE!, a CBF confirmou a conversa com Muricy e deu os motivos para que as negociações não evoluíssem. Apesar da recusa, a entidade fez questão de manter as portas abertas para Muricy.

VEJA A NOTA OFICIAL DA CBF
'A CBF confirma que, ao final do Campeonato Brasileiro, teve uma conversa inicial com o Coordenador Muricy Ramalho e o Presidente do São Paulo Futebol Clube, Julio Casares, sobre uma eventual possibilidade de o profissional integrar a Comissão Técnica da Seleção Brasileira. A consulta ocorreu em absoluta sintonia com a avaliação do Coordenador Juninho Paulista e do técnico Tite.

A despeito do orgulho demonstrado por Muricy pelo convite para participar da Seleção Nacional, seu compromisso com as atividades assumidas com o São Paulo, e a relevância demonstrada pelo presidente do clube em relação a uma potencial perda de seu profissional sensibilizaram a CBF.'

Últimas