Capitão do Corinthians projeta duelo com o Palmeiras no Brasileiro Sub-20

Volante Roni espera um duelo difícil contra o Alviverde na tarde desta quarta, em Itu. Timão pode ultrapassar o rival em caso de vitória no Dérbi 

Lance

Lance

Lance

Na tarde desta quarta, às 16h, Palmeiras e Corinthians medem forças pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20. Empatados no número de pontos (32) e em saldo de gols (+13), os rivais da capital paulista estão em busca da classificação para a fase mata-mata do torneio nacional. Capitão do Timão nesta partida, o volante Roni comentou sobre a expectativa para o Dérbi que será disputado em Itu, no estádio Novelli Júnior.

- Estou muito feliz em poder voltar num jogo como esse, mas fico ainda mais feliz em poder voltar e ajudar meus companheiros. É um jogo importante pois os dois times estão na ponta da tabela querendo alcançar o primeiro lugar. Além claro, de ser um clássico. Corinthians e Palmeiras sempre é diferente - afirmou o meio-campista da equipe comandada pelo técnico Dyego Coelho.

TABELA
>Confira como está a classificação da Série A do Brasileirão

Na última rodada do Brasileirão da categoria, o Corinthians conseguiu uma importante vitória, de virada, contra o Athlético-PR. Agora, a equipe do Parque São Jorge espera um triunfo diante do seu maior rival para encostar nos líderes Vasco e Flamengo e garantir vantagem para a fase decisiva.

- A última vitória só mostra a força do nosso elenco. Principalmente porque estamos disputando dois campeonatos simultaneamente. Somos líderes no Campeonato Paulista e seguimos buscando uma melhor classificação no Brasileiro. Estamos com a cabeça no lugar e sempre pensamos jogo a jogo, o principal objetivo é sempre buscar o título nas competições que jogamos representando essa camisa - pontuou Roni, lembrando que o Timão também disputa o Campeonato Paulista.

Atualmente, o Corinthians é o quarto colocado na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 32 pontos ganhos. O Palmeiras é o terceiro colocado, com a mesma campanha, mas leva vantagem no critério dos gols feitos (27 contra 25). O Vasco, líder, soma 35.