Futebol Calleri tem valor de compra fixado e Gabriel Neves não foi emprestado; diretor do São Paulo conta detalhes

Calleri tem valor de compra fixado e Gabriel Neves não foi emprestado; diretor do São Paulo conta detalhes

Carlos Belmonte explicou, durante live no 'Canal do Nicola', os valores envolvidos nas negociações do São Paulo pelo atacante Jonathan Calleri e pelo volante Gabriel Neves

Lance
Lance

Lance

Lance

O diretor de futebol do São Paulo, Carlos Belmonte, explicou, nesta terça-feira (31), os valores e detalhes das contratações de Jonathan Calleri e Gabriel Neves. A dupla foi contratada e anunciada pelo Tricolor na segunda-feira (30), o dia de fechamento da janela de transferências internacionais.


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA E SIMULE OS JOGOS DO BRASILEIRÃO DE 2021!

Segundo informado por Belmonte durante participação em live no 'Canal do Nicola', do jornalista Jorge Nicola, no YouTube, Gabriel Neves não chegou ao Tricolor por empréstimo, como foi inicialmente divulgado.

- Os empresários fizeram um acerto direto do Nacional e ele ficou livre do Nacional. Estamos pagando US$ 300 mil a título de luvas e ficamos com 60% dos direitos econômicos. Ao final da temporada de 2022, decidimos se devolvemos os direitos aos empresários ou adquirimos o jogador em definitivo - informou Belmonte.

Quem divulgou que o atleta havia fechado por empréstimo foi o próprio Nacional-URU, time que Gabriel Neves defendia antes de fechar com o Tricolor. Em uma nota de despedida publicada pelo clube, foi afirmado que Neves foi transferido por empréstimo com opção de compra até o fim de 2022, mas, segundo o anúncio oficial do São Paulo, o vínculo pode ser estendido até o dia 31 de dezembro de 2025.

O outro contratado, Jonathan Calleri, também tem vínculo com o São Paulo até o fim de 2022. No caso do argentino, a transferência foi, de fato, feita através de um empréstimo. O Deportivo Maldonado-URU emprestou o atleta pelo mesmo valor que o Tricolor pagou por Neves, US$ 300 mil (R$ 1,5 milhão).

Ao final do contrato de empréstimo, o São Paulo tem a opção de contratar o atacante em definitivo, pelo valor de US$ 3 milhões (R$ 15 milhões).

O diretor de futebol afirmou que os valores dos empréstimos serão pagos em três parcelas. A primeira será quitada pelo São Paulo em dezembro deste ano, enquanto as outras duas deverão ser pagas ao longo de 2022. O clube passa por dificuldades financeiras, com uma dívida superior a R$ 600 milhões.

O São Paulo está em processo final de regularização de Gabriel Neves e Jonathan Calleri. O meia uruguaio fará o restante dos exames médicos hoje (31) e deve ser apresentado nos próximos dias. Já o atacante argentino é esperado no Brasil na quinta-feira (1).

Últimas