Futebol Botafogo fecha mês invicto, evolui e começa a sonhar com Libertadores

Botafogo fecha mês invicto, evolui e começa a sonhar com Libertadores

Equipe de Luís Castro finaliza setembro sem perder, diminui distância para o G8 e vê zona para a Taça Libertadores como um sonho 'quase possível'

Lance
Lance

Lance

Lance

Um mês para o Botafogo olhar para trás e lembrar com carinho. A equipe comandada por Luís Castro fechou setembro de forma invicta. Mais do que isso, mostrou evolução dentro de campo e se permite sonhar: o Glorioso diminuiu a distância para o G8 na tabela do Brasileirão e nunca viu uma vaga na próxima Taça Libertadores de tão perto.

+ Marçal, do Botafogo, se vê com potencial de ser convocado: 'Eu faria a Seleção Brasileira jogar melhor'

Foram quatro jogos: um empate, contra o América-MG, e três vitórias, diante de Fortaleza, Coritiba e Goiás. Neste período, o Alvinegro marcou seis gols e levou apenas um - a equipe foi vazada em apenas um destes duelos.

Luís Castro vive a segunda melhor sequência invicta desde que assumiu o Botafogo. O português chegou a ficar oito jogos sem perder entre abril e maio, em período que o Alvinegro ainda disputava a Copa do Brasil.

Desta vez, porém, a impressão é de uma equipe mais encorpada. A entrada dos reforços da segunda janela, consequentemente, ajuda a defender essa tese. Esta sequência de quatro jogos sem perder vai de encontro à chegada de Tiquinho Soares no time titular, por exemplo.

+ Adryelson faz jogo 'quase perfeito' em vitória do Botafogo pelo Brasileirão

A distância para o América-MG, primeiro clube no G8, provável zona de Taça Libertadores, é de dois pontos. A missão, porém, não promete ser nada fácil, já que outubro reserva jogos complicados para o Botafogo.

O Alvinegro vai enfrentar Palmeiras, Avaí, São Paulo, Internacional, Fluminense e Red Bull Bragantino no próximo mês. Da lista, estão os atuais três primeiros colocados do Brasileirão, além de dois times que vivem situação similar ao Glorioso e também almejam aparecer no G8.

Últimas