Botafogo conta com apoio de Felipe Neto para contratar Yaya Touré

Youtuber, patrocinador do clube e botafoguense, está ao lado do Comitê Executivo de Futebol do Alvinegro na busca por recursos para atrair volante

Yaya Touré em ação pelo Manchester City

Yaya Touré em ação pelo Manchester City

Oli Scarff /AFP

O Botafogo ganhou um reforço na busca por Yaya Touré. O Comitê Executivo de Futebol segue na missão de juntar recursos financeiros para pagar os salários do marfinense de 36 anos, oferecido por Marcos Leite, empresário responsável por trazer Keisuke Honda ao Estádio Nilton Santos, e livre no mercado desde que deixou o Qingdao Huanghai, da segunda divisão chinesa.

Felipe Neto, youtuber e um dos donos das marcas "Neto's" e "O Vigia de Preço", que patrocinou o Botafogo nas últimas duas temporada, respectivamente, entrou no grupo responsável pelas tratativas de contratação do marfinense e pode ajudar financeiramente - o principal fator que separa, no momento, o Alvinegro de um acordo com o atleta.

O botafoguense assumido pode ser o investidor que a diretoria tanto procura. Felipe Neto já conversa com membros do Comitê de futebol para ajudar na chegada de Yaya Touré. O marfinense aceitaria diminuir o salário para se adequar à realidade financeira do Alvinegro, mas receberia parte de todas as ações de marketing com o seu nome. Vale ressaltar que o possível futuro investidor também terá proveito de uma parte das ações extra-campo com o marfinense ex-Barcelona e Manchester City.

Felipe Neto, vale ressaltar, ajudou o Botafogo a contratar Rodrigo Aguirre junto a Udinese no primeiro semestre de 2018. Na época, o youtuber pagou parte do valor que o clube italiano solicitou para emprestar o atacante uruguaio ao Glorioso até o final do ano.

O estafe de Yaya Touré deu um limite para o Botafogo fazer uma proposta oficial: quinta-feira. Até lá, a diretoria do Alvinegro corre contra o tempo para juntar dinheiro - ou, quem sabe, ter a ajuda de Felipe Neto, que possui o segundo maior do YouTube brasileiro - e enviar algo concreto aos empresários do marfinense.

O jogador se animou com a possibilidade de jogar no Botafogo por conta de Keisuke Honda. Outras sondagens de clubes da América do Sul até chegaram a Yaya Touré, mas ele escolheu esperar apenas o Alvinegro no continente por se animar em atuar com o japonês.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook. 

Honda no Bota? Veja as negociações 'mais aleatórias' do futebol