Futebol Atlético sofre, Suárez decide e colchoneros seguem na liderança

Atlético sofre, Suárez decide e colchoneros seguem na liderança

Clube de Diego Simeone saiu na frente com Llorente, ficou com um jogador a mais por boa parte do segundo tempo, sofreu empate, mas Suárez decide aos 45 minutos

Lance
Lance

Lance

Lance

O Atlético de Madrid sofreu, fez o torcedor passar por grandes emoções, mas conseguiu a vitória contra o Alavés fora de casa por 2 a 1. Após um primeiro tempo morno em que os colchoneros saíram na frente com Llorente, a segunda etapa foi sofrida. Com um jogador a mais por boa parte da segunda etapa, os colchoneros sofreram o empate, mas Suárez voltou a colocar o time de Simeone na frente aos 45 do segundo tempo e garantir o triunfo.

PACIÊNCIA
Após começar o jogo chegando com perigo com Carrasco, o jogo ficou morno por grande parte da primeira etapa. A segunda boa chance do Atlético de Madrid surgiu apenas aos 41 minutos em que Llorente recebeu a bola pela direita, fez jogada individual cortando para o meio e finalizou com desvio para abrir o marcador.

> Veja a tabela do Campeonato Espanhol

JOGO MORNO
O segundo tempo começou muito devagar e a partida tornou-se ainda mais favorável para o time de Diego Simeone quando o Alavés teve o zagueiro Laguardia expulso aos 23 minutos. Aos 30, o Atlético chegou pela primeira vez com perigo com Luis Suárez recebendo passe de Carrasco e ficando cara a cara com o goleiro, mas mandando pela linha de fundo.

GRANDES EMOÇÕES
​​O Atlético teve outra boa oportunidade com Lemar obrigando Pacheco a realizar boa defesa em cobrança de falta. Aos 36, a partida tomou outra cara e Oblak foi obrigado a realizar grande defesa em cabeçada de Lejeune. Três minutos mais tarde, Joselu fez jogada pela esquerda, cruzou para o meio tentando encontrar Lucas Pérez, mas o zagueiro Felipe mandou contra as próprias redes e empatou a partida. Aos 45, Luis Suárez apareceu mais uma vez e para decidir, colocar a bola no fundo das redes após cruzamento da esquerda e dar a vitória para os colchoneros.

Últimas