Futebol Atlético-MG vence o River e fica a empate da semi da Libertadores

Atlético-MG vence o River e fica a empate da semi da Libertadores

O Alvinegro fez um jogo seguro e contou com o talento de Nacho, que fez o gol, mas foi expulso e não jogará o duelo da volta

Lance
Jogadores do Atlético-MG comemoram o gol de Nacho contra o River

Jogadores do Atlético-MG comemoram o gol de Nacho contra o River

Lance

Com um jogador a menos, o Atlético-MG conseguiu uma grande vitória fora de casa, ao bater o River Plate por 1 a 0, gol de Nacho Fernández, ex-atleta do time argentino e personagem do jogo. Na próxima semana, o Galo pode empatar, que avança às semifinais da Libertadores.

A noite de futebol do Alvinegro foi de segurança defensiva. O time soube “controlar” a partida diante dos Milionários, que mesmo enfraquecidos com a perda de algumas peças importantes, incluindo o próprio Nacho, que teve jornada de “lei do ex”, ao anotar o tento que deixou o Atlético em vantagem no confronto.

Cuca colocou em campo uma equipe mais compacta no meio de campo, preenchendo bem o setor, dificultando muito as ações do River, que tentou pressionar, mas esbarrava na zaga atleticana e boas defesas de Everson. Foi o jogo 100 do Atlético na Libertadores, que terminou com uma grande vitória.

Nacho, o homem do jogo e ausência lamentada
​O meia teve atuação destacada com o belo gol em cima do ex-time, onde foi projetado para o futebol mundial. Por uma interpretação equivocada do VAR, ele foi expulso após disputa com Anglieri. Assim, no duelo de volta, o Galo não contará com seu “motorzinho”.

Equipe compacta, 'trancou' o River
O Atlético não se lançou de forma afoita ao ataque e soube trabalhar o jogo, não permitindo grandes espaços aos argentinos. Essa compactação do meio de campo e defesa foi determinante para que o ataque o River não pisasse na área alvinegra.

Cuidado, o River não está morto
Mesmo com o bom resultado, o River já "aprontou" com times brasileiros, vencendo confrontos fora de casa, conseguindo sua classificação em outras edições de Libertadores.

Jogo de volta
Galo e River se encontram novamente na próxima quarta-feira, 18 de agosto, às 21h30, no Mineirão, quando haverá o reencontro com o seu torcedor no torneio sul-americano.

RIVER PLATE 0 X 1 ATLÉTICO-MG

Data: 11 de agosto de 2021
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Monumental de Nuñez, Buenos Aires (ARG)
Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)
Assistentes: Túlio Moreno (VEN) e Lubin Torrealba (VEN)
VAR: Jhon Ospina (COL)
Gol: Nacho Fernández, aos 12’-2ºT(0-1)
Cartões amarelos: Enzo Pérez (RIV), Paulo Diaz (RIV)
Cartão vermelho: Nacho Fernández (ATL)
RIVER PLATE (Técnico: Marcelo Gallardo): Armani; Casco, Paulo Díaz, Martínez e Angileri; Zuculini (Girotti, aos 42’-2ºT), Pérez, De La Cruz (Paradella, aos 22’-2ºT) e Carrascal (Matias Suarez, aos 12’-2ºT); Braian Romero e Suárez (Julian Álvarez)
ATLÉTICO-MG (Técnico: Cuca): Everson; Mariano, Nathan Silva, Alonso (Igor Rabello, aos 48’-2ºT) e Arana; Allan (Réver, aos 44’-2ºT), Zaracho (Alan Franco-aos 51’-2ºT), Jair e Nacho Fernández; Vargas (Borrero, aos 43’-2ºt) e Hulk

Gabigol faz dois e já é 6º brasileiro com mais gols na Libertadores

Últimas