Athletico-PR bate o Coritiba e volta a vencer após 7 jogos no Brasileirão

Com a vitória no clássico, o Furacão sobe para o meio da tabela; Coxa, com mais uma derrota, permanece afundado na zona de rebaixamento

Fabinho marcou o gol que definiu a vitória do Athletico-PR

Fabinho marcou o gol que definiu a vitória do Athletico-PR

Lance

Em jogo com poucos lances de emoção, o Athletico-PR derrotou por 1 a 0 o Coritiba no clássico paranaense, em partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Com o resultado, o Furacão soma 11 pontos e sobe para 10ª colocação. A derrota deixa o Coritiba com 8 pontos e na zona de rebaixamento.

A próxima partida do Coritiba é contra o Vasco, no Couto Pereira, dia 20 de setembro. Já o Athletico-PR enfrenta o Bahia, dia 26 de setembro, na Arena da Baixada.

O jogo
Athletico-PR e Coritiba faziam uma partida morna e sem emoções na Arena da Baixada. Mais ousado, o Furacão buscou mais o gol e foi recompensado por isso. Aos 10 minutos, Jonathan invadiu a área, mas a defesa do Coritiba conseguiu cortar. Porém, a bola acabou sobrando na área e Fabinho soltou uma bomba e marcou um golaço: 1 a 0.

O Coxa demorou, mas respondeu ao gol do Furacão. Aos 26 minutos, Matheus Bueno acertou um chute forte da intermediária, mas o goleiro Santos estava muito bem posicionado e conseguiu espalmar.

Mas assim como no início da partida, o jogo continuou sem lances de emoções. “Culpa” dos sistemas defensivos, que marcavam muito forte e neutralizavam com precisão qualquer tentativa dos ataques em produzir oportunidades de perigo.

O Coritiba voltou melhor para etapa complementar e conseguiu criar duas oportunidades perigosas. Mas as finalizações de Robson e Sassá não entraram, sendo que o arremate do primeiro acabou acertando o travessão.

O Coxa continuou tentando o empate, enquanto o Furacão ficou na espera de uma brecha para encaixar o contra-ataque.

Aos 26 minutos, as coisas ficaram mais difíceis para o Coritiba. Igor Jesus foi disputar uma bola com Thiago Heleno e acabou acertando o braço no zagueiro do Athletico-PR. O árbitro expulsou o jogador do Coxa pelo lance.

Com superioridade numérica, o Athletico-PR passou a administrar o placar, mas sem deixar de buscar o gol. Só que o ataque do Furacão não obteve êxito em suas tentativas de ampliar o marcador.

No finalzinho do jogo, o Coritiba tentou na base do tudo ou nada buscar o gol de empate, mas a defesa do Furacão foi muito eficaz e conseguiu garantir os três pontos e o triunfo no clássico.

ATHLETICO-PR 1 x 0 CORITIBA
Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data-Hora: 12/09/2020 – 16h30
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Neuza Ines Back (SP)
VAR: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Cartões amarelos: Márcio Azevedo, Geuvânio e Wellington (ATH), Igor Jesus (COR)
Cartões vermelhos: Igor Jesus (COR)
Gol: Fabinho (11’/1ºT)
ATHLETICO-PR: Santos; Jonathan (Alvarado, aos 40’/2ºT), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Márcio Azevedo (Abner Vinícius, intervalo); Wellington, Erick e Christian; Nikão (Bissoli, aos 22’/2ºT), Geuvânio (Carlos Eduardo, aos 13’/2ºT) e Fabinho (Ravanelli, aos 40’/2ºT). Técnico: Eduardo Barros.
CORITIBA: Wilson; Jonathan (Natanael, intervalo), Rhodolfo (Luiz Henrique, aos 26’/2ºT), Sabino e William Matheus; Hugo Moura, Matheus Galdezani (Giovanni, intervalo) e Matheus Bueno (Yan Sasse, aos 37’/2ºT); Robson, Igor Jesus e Sassá (Giovanni Augusto, aos 37’/2ºT). Técnico: Jorginho.

Salah faz 3, e campeão Liverpool vence; Willian brilha pelo Arsenal