Futebol Arzul detalha trabalho e fala da relação criada com o Santos

Arzul detalha trabalho e fala da relação criada com o Santos

O preparador de goleiros é um dos funcionários mais antigos e respeitados do Peixe

Lance
Lance

Lance

Lance

Sebastião Martins Oliveira Júnior, o Arzul, preparador de goleiros do Santos, é um dos funcionários mais respeitados do clube. Há mais de 20 anos trabalhando no Peixe, Arzul foi promovido ao profissional ainda em 2009 com Vanderlei Luxemburgo e desde então vem fazendo um trabalho excelente com os goleiros do Santos.

- É uma satisfação estar aqui no Santos. Clube que desde pequeno aprendemos a gostar, amar e se apaixonar. Ter a convivência com as estrelas, os antigos, agora pouco com o Edu, Dorval, sacanagem... É uma coisa inexplicável - disse o preparador.

O Santos revelou, recentemente, o goleiro Rafael Cabral, campeão da Libertadores de 2011. Com a saída de Éverson para o Atlético-MG e com a lesão de Vladmir, goleiro à época, dois Meninos da Vila ganharam oportunidades: João Paulo e John.

Para Arzul, a crescente e a evolução dos arqueiros, lembrando ainda de Vanderlei que viveu grande fase na equipe santista e chegou a ser cogitado na Seleção Brasileira, passa por trabalhos no dia a dia, inclusive com situações reais de jogo.

- O segredo é muito trabalho. Trabalho árduo. Você detectar as características dos goleiros e você enfatizar em cima delas, formatar cada vez mais tanto na parte física quanto técnica. O legal de tudo isso é que eles compram a nossa ideia, nós temos também o Juninho como auxiliar. No dia a dia você vai se redescobrindo. Através dos vídeos nos vemos como melhorou e para que ele tenha a melhor forma nas partidas - disse.

- O principal para se trabalhar no dia a dia são os atos do jogo. São as situações reais de jogo. Com muita velocidade e intensidade, com números fracionados, mas também com chutes na diagonal, frontais.. Sempre pedimos para o pessoal ver. Por exemplo contra o Flamengo, como o Gabigol chuta, com a esquerda, direita, cava... nós simulamos e quando chegar no jogo, ele está tranquilo e sabendo o que tem que fazer - completa.

Últimas