Futebol Arias diz que Fluminense tinha condições de vencer e ressalta semana decisiva

Arias diz que Fluminense tinha condições de vencer e ressalta semana decisiva

Colombiano ainda falou sobre o gol marcado e minimizou os erros do Flu no empate contra o Corinthians no Maracanã

Lance

O Fluminense chegou a ficar na frente, mas levou um balde de água fria ao sofrer o gol do Corinthians nos minutos finais e sair do Maracanã com um amargo empate por 2 a 2 no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. Após a partida, Jhon Arias, autor do segundo gol, lamentou o lance nos acréscimos, mas ressaltou a confiança da equipe na classificação.

- Claro que é normal, um pouco chateado. A gente sabia que tinha condições de conseguir a vitória hoje, mas sofremos o gol no final. Mas focados, mentalizados e tranquilos sabendo o que queremos e precisamos fazer. Nada vai mudar porque empatamos. Somos um time forte, que merece respeito. Está aberto e vamos fazer nosso melhor esforço para conseguir a classificação - analisou o atacante.

Os dois times só voltam a se enfrentar no próximo dia 15 de setembro, quando o Fluminense vai até a Neo Química Arena para o jogo de volta contra o Corinthians. Antes disso, o Tricolor enfrenta o Palmeiras no sábado, às 19h, no Maracanã, em confronto direto do Campeonato Brasileiro.

- O Fernando enfatizou muito isso essa semana. É uma semana de duas decisões para nós. Estamos brigando pelos dois torneios. Estamos confiantes de que conseguimos e sábado temos um jogo difícil. O Palmeiras tem um time difícil, acho que um dos mais regulares no Brasil. Um jogo que vai decidir muito para nós. Estávamos focados porque sabíamos que hoje pegaríamos um rival difícil como o Corinthians, mas sem nunca esquecer essa partida de sábado. É decisão e assim estamos encarando desde que começou a semana.

Veja a tabela da Copa do Brasil

John Arias - Fluminense x Corinthians

John Arias - Fluminense x Corinthians

Lance

Arias marcou o segundo gol do Fluminense (Foto: Armando Paiva / Lancepress!)

Os dois gols do Corinthians nasceram em erros do Fluminense. Primeiro, Nonato e André se atrapalharam no meio-campo. Depois, Michel Araújo perdeu a bola sozinho, errando o passe que deixou Róger Guedes em condições de marcar.

- Eu acho que não passa por esse lado. Se você olhar, o Fluminense é um time forte defensivamente. Tem bons jogadores. A dupla de zaga todos sabem o potencial do Nino, jogador de Seleção, e o Manoel está fazendo uma temporada fantástica. Sem falar do Caio e do Samuel. Somos um time forte na defesa. São lances ajustados e precisos. Ninguém quer errar, ninguém faz isso de propósito, mas acontece. Todos somos culpados, temos responsabilidade de defender. Sabemos que todos em conjunto podem melhorar.

Com 14 gols e 11 assistências, Arias faz, de longe, a melhor temporada em números da carreira. Perguntado se vive o ano mais positivo, o colombiano preferiu deixar para o final de 2022 para avaliar.

- Se vamos aos números evidentemente, acho que tenho mais participações em gols e assistências em 2022. Não sei se é o melhor momento da carreira, talvez sim. Acho que não consigo perceber porque não estou satisfeito ainda. Quero evoluir mais, sei que consigo ajudar muito mais. Acho que em novembro, de férias, consigo analisar o que foi e avaliar se é o melhor momento. Agora estou focado em ser muito mais importante e brigar por títulos - analisou o jogador, que completou celebrando o bonito gol.

- Foi um gol bonito. É algo que o time estava precisando, um jogo que estava difícil e apertado. Precisávamos fazer um gol rápido no segundo tempo. Um gol que teve a participação importante do Cris, que entrou bem hoje. Um golaço que eu comemorei muito - completou.

Últimas