Argentina derrota o Chile e segue 100% no Pré-Olímpico

Mesmo sofrendo algumas investidas da La Roja, Albiceleste conquista importante resultado e encaminha possível classificação

Lance

Lance

Lance

Após a estreia com vitória, a Argentina voltou a campo para mais um compromisso pelo Grupo A do Pré-Olímpico, desta vez contra o Chile, no estádio Hernán Ramirez Villegas. E não decepcionou seu torcedor. Com o placar de 2 a 0, a Albiceleste manteve sua invencibilidade, dando mais tranquilidade ao time para a sequência da competição.

Sendo assim, os comandados de Batista agora somam 6 pontos, ficando na liderança da chave. Já os comandados de Redín estacionaram com o mesmo número de pontos, porém seguem na vice-liderança, mantendo as esperanças de conseguir passar de fase.

PRIMEIRO TEMPO

Sem o camisa 10 Mac Allister, expulso no primeiro jogo diante da Colômbia, os argentinos sabiam das dificuldades que teriam. Com uma ligeira pressão nos primeiros minutos a equipe chilena apostou em algumas jogadas aéreas, porém, dando o troco, aos 8 minutos, Capaldo, após bom passe de Álvarez, dominou na entrada da área e chutou com precisão no ângulo do goleiro Carabalí. 1 a 0 Argentina.

Com a vantagem no placar, a equipe comandada por Batista passou a ditar mais o ritmo do jogo, mesmo com os chilenos tentando correr atrás do prejuízo. Entretanto, as jogadas por parte da La Roja não ofereciam perigo algum ao camisa 1 adversário.

Até os acréscimos, o panorama do confronto seguiu igual. Sem conseguiu vazar a defesa adversária, a equipe chilena foi para os vestiários na esperança de voltar melhor e conquistar, ao menos, um empate.

SEGUNDO TEMPO

Na volta para última etapa, a equipe comandada pelo Redín não quis perder tempo e tentou partir para cima. Sem sucesso nas finalizações, aos 11 minutos, Nahuel Bastos ampliou a contagem, após bola jogada para dentro da área, só completando para o fundo das redes.

Sem conseguir diminuir o ritmo argentino com algumas substituições, além dos diversos escanteios que teve, poucas chances eram criadas por ​Jara, Araos e companhia. Com isso, o goleiro Cambeses apenas mantinha-se atento com as bolas jogadas em sua área, afastando o perigo quando podia.

Até os minutos finais o técnico Fernando Batista optou por trocar alguns de seus atletas em campo, tentando ganhar algum tempo nas substituições, além de aumentar um pouco o gás. No apito final do árbitro, os argentinos, aliviados, comemoraram mais uma vitória, ficando perto de garantir sua vaga na próxima fase.