Após seis meses, Jobson estreia no Santos: 'Ainda será importante', diz Sampaoli

Em 48 minutos, volante do Peixe teve atuação regular na vitória sobre o Ceará, por 2 a 1, na Vila. Treinador argentino acredita que camisa 20 pode evoluir no Brasileirão

Lance

Lance

Lance

Depois de 183 dias, o volante Jobson estreou pelo Santos na vitória sobre o Ceará, por 2 a 1, na última quinta-feira, na Vila Belmiro, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. A atuação durou por 48 minutos, pois o jogador foi substituído pelo técnico Jorge Sampaoli no intervalo.

O camisa 20 teve uma estreia regular no Santos. Ele teve importância na saída de bola, um aproveitamento de 87% nos passes, quatro desarmes e dois lançamentos certos. Entretanto, pecou na posição no gol do Ceará e errou sete passes.

A estreia de Jobson era tão esperada por ter sido o único reforço da temporada que ainda não tinha tido chance com Sampaoli. Ao próprio L!, o volante não entendia o motivo de não ter oportunidades.

Enquanto ainda não atuava em partida oficial, Jobson se destacava em jogos-treino marcando gols e dando assistências em atividades comandadas pelo próprio Sampaoli.

TABELA
>Veja a classificação e o simulador do Brasileirão clicando aqui

- Jobson era uma ideia da partida que era o homem livre no esquema 3-2-5. Necessitávamos do passe dele. Na preparação para entrar na equipe era a partida adequada. Mas com as linhas fechadas a bola não chegou bem em Evandro e Sánchez e resolvemos colocar um lateral, com Pituca de 5 para gerar uma equipe ainda mais ofensiva nas relações coletivas. Creio que o passo do Jobson na equipe será não só agora, mas tem condição de se adequar num torneio que não conhece tanto e será importante quando se acomodar - afirmou Sampaoli, após a vitória sobre o Ceará.

O camisa 20 é opção de Sampaoli para o duelo contra o Atlético-MG, neste domingo, às 16h, no Independência, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Santos inicia a preparação na manhã desta sexta-feira, no CT Rei Pelé.