Futebol Após sair do Sporting para o Zenit, Wendel diz ao L!: 'Penso grande, em Seleção e competições de alto nível'

Após sair do Sporting para o Zenit, Wendel diz ao L!: 'Penso grande, em Seleção e competições de alto nível'

Volante brasileiro afirmou que encontrou algumas dificuldades na adaptação, diz que trabalha visando a Seleção Brasileira e não pensa que é momento de retornar ao Brasil

Lance
Lance

Lance

Lance

Wendel chegou ao Zenit, da Rússia, com a temporada em andamento e não teve muito tempo para se preparar desde que foi contratado na última janela de transferências. Em entrevista ao LANCE!, o volante conta como está sendo este período de intertemporada, uma vez que os torneios de futebol no país estão paralisados por conta do inverno, e seus objetivos para o futuro.

Adaptação

Ao sair do Brasil, o jovem de 23 anos foi contratado pelo Sporting e a adaptação foi mais fácil por conta do clima e da língua. Neste momento, o atleta vive em uma situação inusitada, mas conta com o apoio de Malcom e Douglas Santos para superar as adversidades, principalmente o frio, e buscar seu espaço na equipe titular.

> Veja a tabela da Champions League

- No clube eu já me sinto adaptado. A questão do idioma é complicada, não dá para entender quase nada. A questão do frio é incômoda, mas há toda uma estrutura para a gente jogar nessas temperaturas mais baixas. Tem estádios fechados, gramados com aquecimento. Cheguei no clube para conquistar meu espaço e estou trabalhando para isso. Sei que preciso melhorar, assim como toda a equipe e este período em Dubai está sendo importante para evoluir.

Mudança

Apesar de ter sido bem aproveitado na última temporada, Wendel buscava novas oportunidades para crescer na carreira e entendeu que o Zenit seria a melhor opção, principalmente pelo interesse demonstrado pelos russos. No entanto, toda mudança possui suas particularidades e o atleta explicou as principais diferenças que encontrou no novo futebol.

- O futebol na Rússia tem mais força física, é um jogo mais brigado e você tem que aproveitar as oportunidades que aparecem. Aos poucos vou me acostumando. Eu me sinto muito valorizado no Zenit, sem desmerecer o Sporting, que foi muito importante na minha carreira. Penso grande, penso em Seleção, penso em disputar as grandes competições. Quero estar competindo e vencendo em alto nível.

Wendel - Zenit

Wendel - Zenit

Lance

Wendel faz intertemporada com Zenit (Foto: divulgação / Zenit)

Seleção Olímpica

Além de estar focado no Zenit, o volante também pensa na Seleção Olímpica que irá disputar os Jogos de Tóquio em 2021. No entanto, Wendel sabe que para continuar tendo suas chances no time de André Jardine, seu trabalho na Rússia deve ser impecável nesta reta final de temporada, mas que ainda lhe reserva duas competições: o campeonato e a copa.

- O Jardine me passa muita confiança, me dá moral na Seleção, mas sei que preciso estar bem no meu clube para continuar sendo lembrado. Sei do meu potencial, sei onde posso chegar. Quero muito poder participar dos Jogos Olímpicos e quero buscar um espaço na Seleção principal. Não vai ser fácil, nem vai cair do céu. Tenho que trabalhar muito.

Wendel - Sporting

Wendel - Sporting

Lance

Wendel se diz grato ao Sporting, seu primeiro time na Europa (Divulgação)

Volta ao Brasil

O nome do jovem foi especulado para retornar ao Brasil durante a última janela de transferências do verão europeu, mas o camisa 20 afirmou que não está no momento de voltar ao seu país. Com contrato até 2025 com o Zenit, Wendel quer construir uma carreira sólida na Europa e entende que tem potencial.

- Recebi algumas sondagens do Brasil, mas entendi que não era o momento. Claro que tenho vontade de voltar a atuar no país, mas minha cabeça está no Zenit e quero poder construir uma história aqui.

Sem jogar uma competição oficial desde o último mês de dezembro, por conta do rigoroso inverno russo, o brasileiro se prepara para encarar o Arsenal Tula pelas oitavas de final da Copa da Rússia. Enquanto isso, o Zenit segue na ponta do Campeonato Russo e busca garantir com folga sua participação na próxima Champions League após o fracasso na campanha desta temporada.

Últimas