Futebol Após nova derrota do Botafogo, Túlio Lustosa não poupa críticas ao árbitro: 'Nunca jogou futebol'

Após nova derrota do Botafogo, Túlio Lustosa não poupa críticas ao árbitro: 'Nunca jogou futebol'

Botafogo sofreu a sétima derrota consecutiva e permanece em penúltimo, com 20 pontos. Partida foi marcada por lances polêmicos, que revoltaram o dirigente alvinegro

Lance
Lance

Lance

Lance

Após a derrota do Botafogo para o Internacional - a sétima consecutiva -, o treinador Eduardo Barroca não concedeu entrevista coletiva. No lugar, quem deu as caras foi o gerente de futebol do clube, Túlio Lustosa. Irritado com a atuação da arbitragem na partida deste sábado, no Beira-Rio, o dirigente não poupou críticas a Caio Max Augusto Vieira e destacou dois lances polêmicos.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro e simule os resultados

- Vou falar de dois lances, fora as faltas invertidas. O lance do Rodinei, que é do futebol sabe que aquilo é passível de cartão amarelo. Ele interrompe um lance promissor nosso. Estava amarelado e era o segundo cartão amarelo. O próprio Rodinei admitiu, disse isso ao Barroca na ida para o vestiário, e o Abel, muito inteligente, tirou no segundo tempo - disse à Botafogo TV

- Na outra jogada, o nosso lateral-direito não reiniciou a partida. O gesto corporal dele mostra isso, o toque sem direção para nenhum atleta. Ele não iniciou a partida. O segundo ponto, mais grave, é que estava fora do local da cobrança da falta. Se o Kevin fizesse um lançamento e um atacante nosso ficasse na cara do gol? O árbitro Caio Max voltaria a cobrança. Só mostra que ele nunca jogou futebol - completou.

Com o resultado, o Botafogo permanece na penúltima colocação, com apenas 20 pontos somados até aqui. Em situação dramática na luta pela fuga do rebaixamento, o Alvinegro não vence há 12 jogos na temporada. A última vitória foi há mais de dois meses, em 11 de outubro, diante do Sport, na Ilha do Retiro.

Últimas