Após audiência de custódia, Jean é solto e poderá voltar ao Brasil

Goleiro não precisou pagar fiança por se comprometer a aparecer no tribunal em futuras audiências nos EUA e a evitar outros problemas. Ele terá de manter distância da esposa

Lance

Lance

Lance

Depois de ser submetido a uma audiência de custódia, em Orlando, nos EUA, o goleiro Jean, do São Paulo, foi solto na tarde desta quinta-feira sem precisar pagamento de fiança. O jogador, no entanto, terá de manter distância da esposa e só poderá ver as filhas sob a supervisão de terceiros. Assim, ele pode voltar ao Brasil enquanto seu processo corre na Justiça americana.

A decisão de soltura sem a necessidade de fiança se baseou no comprometimento de Jean a comparecer em futuras audiências e a promessa de não voltar a se envolver em problemas. Dessa forma, ele está livre da prisão e deve deixar a cadeia nas próximas horas, até que detalhes burocráticos permitam que ele seja liberado e já com a autorização para voltar ao Brasil.

O goleiro terá um advogado constituído nos EUA para defendê-lo da acusação de violência doméstica contra sua esposa, crime que continuará sendo processado na Flórida. A mulher do jogador, Milena Bemfica, denunciou as agressões em sua rede social na madrugada da última quarta-feira, em um quarto de hotel de Orlando, onde o casal passava férias com as duas filhas.

Agora, porém, Jean terá de manter distância da esposa e não poderá ter qualquer tipo de contato com ela, a não ser que, mediante terceiros, o assunto envolva temas legais ou sobre os filhos. Além disso, ele só poderá ver as crianças sob a supervisão de um terceiro, segundo determinação do tribunal em documento ao qual o LANCE! teve acesso. Caso venha a descumprir a ordem, o goleiro pode ser preso e só será solto quando o caso for resolvido.

Ao chegar no Brasil, após o término de suas férias, Jean será demitido pelo São Paulo, que decidiu pelo desligamento do jogador na última quarta-feira, porém ainda não efetuou a rescisão por conta da CLT, que impede que um funcionário seja demitido durante seu período de descanso. Aos 24 anos, o goleiro está no clube desde o início de 2018, quando foi contratado junto ao Bahia.