Futebol Apesar do mau momento, Diniz diz não se sentir pressionado no Santos

Apesar do mau momento, Diniz diz não se sentir pressionado no Santos

Time da Vila Belmiro foi eliminado da Copa Sul-Americana pelo Libertad, do Paraguai, e não vem conseguindo resultados positivos também nos jogos do Campeonato Brasileiro

Lance
Lance

Lance

Lance

O Santos não vive um dos seus melhores momentos na temporada. O time treinador por Fernando Diniz foi eliminado da Copa Sul-Americana pelo Libertad, na quinta-feira, e não vem bem nos últimos jogos do Brasileirão.

O Peixe havia vencido na Vila Belmiro por 2 a 1, mas foi derrotado no Paraguai por 1 a 0 e foi eliminado pelo gol que sofreu em casa.

Já no Campeonato Brasileiro, o Santos ocupa uma posição modesta. Está em 11º lugar com 22 pontos, 5 vitórias, 5 derrotas e 7 empates. Marcou 19 gols e levou outros 19, o que da um saldo de 0.

Neste domingo (22), ganhava o jogo até os minutos finais, quando levou o gol de empate de Yuri Alberto, do Internacional.

Apesar dos resultados ruins, o técnico Fernando Diniz assegurou que não se sente pressionado no cargo, e que vê o trabalho no dia a dia como "solução" para os problemas.

"Não me sinto pressionado. É continuar trabalhando pelo desempenho que a gente fica mais perto de ganhar", comentou Fernando Diniz.

+ Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

Segundo Diniz, o time se comportou bem contra alguns adversários do Brasileirão em que não obteve êxito, como no caso do jogo contra o próprio Internacional.

"Tudo precisa de tempo, e o campeonato não para, jogo em cima de jogo, agora já temos uma decisão na quarta-feira. O time é jovem, mas hoje, especificamente, foi bem, assim como Atlético-GO, Sport, América-MG e Fluminense", lembrou.

"O time não era para estar nessa condição no Campeonato Brasileiro. Temos que insistir e ganhar jogos. Hoje o desempenho foi para ganhar. Faremos de tudo para voltar a vencer e avançar também na Copa do Brasil", explicou o treinador.

Últimas