Apesar da derrota, Coelho exalta mentalidade ofensiva corintiana

Treinador também reafirmou o objetivo da atual temporada do Timão: 'Espero entregar o time na Libertadores, independente de qualquer coisa'

Brasileirão

Coelho terá mais dois jogos como técnico do Corinthians

Coelho terá mais dois jogos como técnico do Corinthians

Lance

Apesar da derrota para o Atlético-MG por 2 a 1, o Corinthians permanece na zona de classificação para a Libertadores. Em entrevista coletiva, Dyego Coelho reafirmou o objetivo de se classificar para a Libertadores e já projetou uma 'batalha' contra o Ceará.

"Espero entregar na Libertadores, independente de qualquer coisa. Vim ajudar o clube que sempre me acolheu, com uma maneira diferente de jogar, ir para cima. A briga é boa. Jogos muito difíceis, vai ser uma batalha contra o Ceará, mas vamos para cima" disse o treinador.

Apesar de derrotado, o Corinthians mostrou uma postura ofensiva durante a partida e isso agradou Coelho. O treinador exaltou a intensidade de seus atletas.

"Foi o que a gente combinou no 1º dia de treino, que dentro ou fora de casa, a gente ia fazer o torcedor entender que a gente ia jogar para frente. Tenho boa resposta deles, às vezes o resultado não vem. Buscamos o gol, quando o time joga para frente eu fico muito satisfeito", afirmou.

O Corinthians é o oitavo colocado com 53 pontos e ainda não garantiu a classificação para a próxima Libertadores. A equipe pode ser ultrapassada por Fortaleza, Goiás, Bahia e Vasco. Os próximos compromissos do Corinthians são contra o Ceará, em Fortaleza, e contra o Fluminense, em São Paulo.

Apaixonados, Kaká e Carol Dias oficializam união em festa na Bahia