Futebol Aos 43 anos, Buffon diz que ainda sonha com a Copa do Mundo de 2022

Aos 43 anos, Buffon diz que ainda sonha com a Copa do Mundo de 2022

Neste ano, o goleiro italiano retornou ao Parma, clube em que foi revelado e irá disputar a Segunda Divisão italiana na próxima temporada

Lance
Lance

Lance

Lance

O experiente goleiro Gianluigi Buffon deu uma entrevista exclusiva ao jornal italiano "Gazzetta dello Sport". Aos 43 anos, Buffon surpreendeu ao afirmar que ainda sonha em disputar a Copa do Mundo de 2022, disputada no Catar.


Com uma carreira vitoriosa, Buffon já disputou cinco copas, entre 1998 a 2014. O destaque fica para a Copa do Mundo de 2006, disputada na Alemanha, quando o goleiro conquistou o tetracampeonato mundial com a Itália.

Para esta temporada que se iniciará, o arqueiro multicampeão fez uma escolha difícil e trocou a Juventus pelo Parma, clube que o revelou em 1994 e atualmente disputa a Segunda Divisão do Campeonato Italiano.

- Aos 43 anos, certamente não serei eu a me candidatar, mas a Copa do Mundo me serve para continuar jogando e sonhando, para levar o Parma de volta à Série A. Tenho quase certeza de que o Mancini não vai me chamar, e com razão, porque tem seu grupo e seus meninos - disse Buffon.


Durante a entrevista, o goleiro ainda aproveitou para falar sobre seu xará e sucessor, Gianluigi Donnarumma, que aos 22 anos foi campeão da Eurocopa com a seleção da Itália, tendo sido titular e um dos destaques da conquista.

- Donnarumma fez uma grande Eurocopa. Não só pelas defesas, mas principalmente por administrar as situações difíceis. Se no princípio podia ser considerado uma surpresa, por fim consolidou sua posição. Hoje é uma referência mundial. Não me importo com as comparações, só me interessa que ele seja bom, quero apreciá-lo, porque ainda pode me ensinar algo. Tenho estudado coisas dele para melhorar nos últimos anos. Estou muito sereno que as habilidades dos outros não serão problema para mim - declarou Buffon.

Últimas