Futebol Ao L!, Neilton fala da situação do coronavírus nos Emirados: 'A preocupação existe'

Ao L!, Neilton fala da situação do coronavírus nos Emirados: 'A preocupação existe'

Atualmente no Hatta Club, atacante assume temor com COVID-19, mas mantém foco na programação de treinamentos físicos mesmo de quarentena e contato com a família

Lance
Lance

Lance

Lance

O coronavírus trouxe severas mudanças para o futebol. Entre a total paralisação das competições e a necessidade de quarentena, também colocou alguns jogadores longe de suas famílias. Este é o caso de Neilton. Atualmente no Hatta Club, dos Emirados Árabes Unidos, o atacante afirmou, em entrevista exclusiva ao LANCE!, que se sente preocupado com o COVID-19, mas, por outro lado, mantém contato com os familiares.

- É complicado estar longe da família num momento crítico como esse. A preocupação existe, mas mantenho contato diário com meus familiares e estou sempre à disposição deles para qualquer problema. Por aqui os campeonatos ainda estão paralisados e sem data de retorno, o que dificulta um pouco fazer uma previsão de como será daqui pra frente. Me mantenho focado nos treinamentos em casa para que possa voltar na melhor forma possível e seguir contribuindo com o Hatta - afirmou.

Nos Emirados Árabes Unidos desde o começo do ano, o atacante de 26 anos trata os primeiros anos na Ásia como positivos. De acordo com as palavras do atleta, a adaptação tem sido boa, apesar de certas dificuldades com o idioma.

- É um país com uma cultura muito rica, tem sido enriquecedor pessoalmente e profissionalmente estar aqui. Gosto do país e tenho um respeito muito grande por suas tradições e pelo futebol também. A adaptação foi tranquila, o que mais pesa é a questão do idioma, mas aos poucos a gente vai aprendendo a se comunicar com a ajuda do próprio clube, a vivência que temos é muito boa - comentou.

Em sete jogos pelo Hatta até a paralisação das competições, Neilton havia marcado um gol pelo clube. No Brasil, ele atuou por Santos, Cruzeiro, Botafogo, São Paulo, Vitória e Internacional.

Últimas