Futebol Ao L!, Bruno Lamas, destaque no futebol árabe, afirma viver melhor momento da carreira no Khor Fakkan

Ao L!, Bruno Lamas, destaque no futebol árabe, afirma viver melhor momento da carreira no Khor Fakkan

Brasileiro, que pertence ao Santa Clara, de Portugal, está emprestado ao Khor Fakkan. Aos 27 anos, meia entrou na seleção da Copa dos Emirados, e é o atleta que mais atuou na Liga 

Lance
Lance

Lance

Lance

Cada vez mais o futebol asiático tem aberto as portas para jogadores brasileiros, que buscam se firmar no exterior. E um deles tem se destacado nos Emirados Árabes Unidos, defendendo as cores do Khor Fakkan. Trata-se do meio-campista Bruno Lamas, que entrou para a seleção da Copa dos Emirados, e é líder em bolas longas certas e o segundo com mais assistências ao lado do brasileiro Carlos Eduardo.

> Confira a classificação do Campeonato Português


Em entrevista ao LANCE!, Bruno ressaltou estar no melhor momento da carreira, e falou sobre sua evolução como aleta nesses últimos anos fora do Brasil. Com passagens pelas divisões de base de Cruzeiro, Santos e São Paulo, ele pertence ao Santa Clara, de Portugal, e está emprestado ao clube árabe até junho de 2021.

- Sim (melhor momento da carreira), Graças a Deus tudo tem dado certo essa temporada. Acredito que está sendo minha melhor fase. Joguei todos os jogos (23, na Arabian Gulf League) e participei de muitos gols da equipe - disse, e emendou:

- Sempre treino e procuro melhorar (finalizações e chutes de longa distância), e sempre tive facilidade em bater na bola. Tenho evoluído em vários aspectos e vou continuar buscando ser melhor a cada dia - analisou

> Confira a classificação da La Liga

Com a camisa do Khor Fakkan, o meio-campista é o jogador que mais entrou em campo na Liga, sendo o terceiro com mais passes. Ao todo, o atleta já marcou quatro gols e deu sete assistências tendo grande destaque em terras árabes. A equipe ocupa atualmente a décima colocação com 21 pontos e busca se recuperar e alçar voos maiores na tabela.

> Confira mais notícias sobre o futebol internacional

Ao ser questionado sobre a presença de outros brasileiros no elenco, o jogador salientou que a relação com os compatriotas facilita muito no entrosamento em campo. Vale destacar que além de Bruno, Paulinho, Dodô, Caio Rosa, Andrey e Ramon Lopes são os outros brasileiros do time árabe.

- Uma relação muito boa, facilita muito em campo (com os brasileiros do elenco). Sim, todos que tiverem a chance pode vim que é um lugar incrível. Uma liga muito forte, com times que tentam jogar com posse de bola e muita qualidade - frisou.

Bruno Lamas

Bruno Lamas

Lance

Bruno entrou para a seleção da Copa dos Emirados (Divulgação)


Sobre uma possível volta ao futebol brasileiro, Bruno afirmou que pretende permanecer no mundo árabe, mas que tem o sonho de um dia voltar. Ele também falou sobre o atual momento do Cruzeiro, que busca voltar à primeira divisão e se reestruturar após a queda.

- Sim, sonho em jogar em meu país em um time grande. Mas por agora pretendo ficar aqui fora. Não chegou nada oficial (proposta), apenas sondagens de Corinthians, Botafogo e Cuiabá - afirmou, e completou:

- Está muito complicado pelo que tenho acompanhado, precisam acertar as coisas para voltar de onde o Cruzeiro merece estar. Não tenho contato com mais ninguém de lá. Sim é um time grande que todos gostariam de jogar - frisou.

Por fim, o meia relembrou sua passagem pelo futebol português (Leixões e Santa Clara), e comentou sobre a situação do futebol nos Emirados em meio à pandemia de Covid-19. Segundo Bruno, a situação está mais controlada que no Brasil, e os atletas passam por testes toda semana.

- Foi uma passagem muito boa, com muito aprendizado. Foi uma adaptação muito fácil, cultura parecida com a nossa. Liga muito forte e bem disputada, gostei muito de viver e jogar em Portugal - elogiou, e acrescentou:

- Está ainda sem público no estádio (nos Emirados Árabes Unidos), temos que fazer toda semana teste de Covid-19. Mas está bem mais controlado do que o Brasil. Em alguns países penso que havia necessidade de pausa sim pela auto contaminação da Covid-19. Mas aqui nos Emirados, eles tem controlado bem essa situação - finalizou.

Bruno Lamas

Bruno Lamas

Lance

Ele foi líder em bolas longas e segundo com mais assistências ao lado do brasileiro Carlos Eduardo (Divulgação)

Últimas