Futebol Andreas Pereira sobre futuro no Flamengo: 'Não é uma despedida. Se eu sair, um dia eu vou voltar'

Andreas Pereira sobre futuro no Flamengo: 'Não é uma despedida. Se eu sair, um dia eu vou voltar'

Meia marcou o gol da vitória do Flamengo sobre o Tolima, nesta quarta, em sua próvavel despedida do clube: seu empréstimo se encerra nesta quinta, dia 30 de junho

Lance
Lance

Lance

Lance

Autor do gol da vitória do Flamengo sobre o Tolima nesta quarta, por 1 a 0 na Colômbia, pela Libertadores, Andreas Pereira afirmou que gostaria de ficar no Rubro-Negro, mas não sabe qual será o seu futuro após esta quinta-feira, dia 30 de junho, quando seu empréstimo ao clube se encerra.

+ Saiba os confrontos e as datas das oitavas de final da Libertadores!

- Não sou dono do meu nariz. O Manchester que decide essas coisas também. Já deixei claro que gostaria de permanecer, mas não está nas minhas mãos 100%. Vou conversar com todos para ver o que é melhor para mim e para o clube - afirmou Andreas Pereira, antes de completar:

- Sobre meu futuro, minha relação com o Flamengo sempre foi muito boa. Todos me tratam superbem. O ano foi incrível, apesar de não ter ganhado os títulos. Amo o clube, sou Flamengo e, com certeza, não é uma despedida. Se eu sair, um dia vou voltar.

Eleito o melhor jogador da partida, Andreas Pereira voltou a ser questionado sobre o futuro. A respeito do Manchester United, o meia disse que ainda não conversou com representantes do clube inglês.

- Estava focado no jogo. Falei com meu pai, com meus empresários, queria vencer o jogo. Vou comemorar com o grupo. Agora, chegando ao Brasil, vou conversar com todos para ver o que vai acontecer.

Últimas