Futebol 'Amistosos de luxo' podem servir para Léo Santos voltar ao time titular do Corinthians

'Amistosos de luxo' podem servir para Léo Santos voltar ao time titular do Corinthians

Defensor ficou mais de dois anos parado, por conta de lesões no joelho, e retornou há um mês. Eliminado na Sul-Americana, o Timão cumpre tabela nas duas últimas rodadas

Lance
Lance

Lance

Lance

Já eliminado na Copa Sul-Americana, o Corinthians pode usar as duas últimas rodadas do grupo E no torneio continental para dar rodagem a alguns atletas, entre eles o zagueiro Léo Santos, que não é titular há mais de dois anos.

E a última vez que começou jogando uma partida, nem foi com a camisa do Timão, mas durante o seu empréstimo para o Fluminense, em 2019, quando já nos acréscimos de um clássico contra o Flamengo, pelo Campeonato Carioca, sofreu uma lesão no joelho direito e teve que passar por cirurgia. Meses depois, já devolvido ao Alvinegro do Parque São Jorge, Léo voltou a ter problemas na mesma região e precisou ser encaminhado para novo procedimento.

Recuperado completamente no início desta temporada, o defensor foi relacionado para cinco jogos, entrando em três, mas todos nos minutos finais. No total, são 10 minutos em campo até aqui: um contra Ituano e Santos e oito diante do Novorizontino, todos os compromissos pelo Campeonato Paulista.

Pela Sul-Americana, Léo Santos foi relacionado na goleada sofrida de 4 a 0 pelo Timão para o Peñarol (URU), pela quarta rodada do grupo E, na última quinta-feira (13), que culminou na eliminação matemática do Corinthians da competição, abrindo assim possibilidade de um time além do alternativo contra Sport Huancayo (PER) e River Plate (PAR), nos dois últimos jogos corintianos pelo campeonato, e em um deles o camisa 13 sentir novamente o gosto da titularidade.

O último jogo em que Léo Santos iniciou com a camisa corintiana foi no dia 30 de janeiro de 2019, quando o Timão, na Neo Química Arena, foi derrotado por 2 a 0 pelo Red Bull Brasil, na quarta rodada do Paulistão daquele ano.

>> Confira a tabela da Sul-Americana e simule os jogos do Timão

Novo projeto

Demitido, após a eliminação corintiana do Campeonato Paulista no último domingo (16), ao perder por 2 a 0 para o Palmeiras, em Itaquera, o técnico Vagner Mancini já havia admitido publicamente que Léo Santos era a sexta opção da zaga corintiana, atrás de Bruno Méndez, Gil, Jemerson, Gil e Raul.

Contudo, antes de sair, o agora ex-treinador deixou o time com boas atuações com um sistema com três defensores, o que aumenta o leque de possibilidades para atletas da posição, como Léo Santos.

Se o novo comandante, ainda não definido pela diretoria corintiana, optar pela manutenção desse esquema de jogo, Léo pode ganhar ainda mais espaço, já que Jemerson não deve permanecer no clube. O contrato do defensor termina no fim de junho e, até o momento, não houve conversar para renovação.

Situação defensiva

Nos últimos quatro jogos, o Corinthians sofreu outo gols. Já se contabilizarmos todos os compromissos corintianos nesta temporada, foram 19 tentos sofridos em 20 partidas.

Últimas