Futebol América bate o Cruzeiro outra vez e decidirá o Mineiro com o Atlético

América bate o Cruzeiro outra vez e decidirá o Mineiro com o Atlético

Coelho não deu chances para a Raposa e volta a decidir o Estadual depois de cinco anos. Rival foca na disputa da Série B

Lance
Rodolfo fez dois gols na vitória do América-MG para cima do Cruzeiro

Rodolfo fez dois gols na vitória do América-MG para cima do Cruzeiro

GILSON JUNIO/W9 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO 09.05.21

O América-MG venceu novamente o Cruzeiro, desta vez por 3 a 1, com dois gols de Rodolfo, ambos de pênalti, e um de Ramon. O resultado garantiu o Coelho na final do Campeonato Mineiro contra o Atlético-MG. Matheus Barbosa marcou o tento celeste.

Foi a terceira vitória americana em três jogos contra a Raposa em 2021, sendo duas nas semifinais. O time de Lisca confirmou o favoritismo no confronto e se impôs nos dois jogos e agora tenta voltar a vencer o campeonato após cinco anos longe da decisão.

Para o Cruzeiro, que esteve fora das finais em 2020, o tempo vago até a estreia na Série B, dia 29 de maio, será de ajustes, enquanto para o Coelho, além do título, se mostra em evolução consistente para começar bem a Série A.

A decisão em Minas começa no dia 16 de maio, domingo, e o segundo jogo, será em 23 de maio, com Coelho e Galo lutando pela supremacia no estado.

AMÉRICA-MG 3 X 1 CRUZEIRO
Data: 9 de maio de 2021
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima
Assistentes: Felipe Alan da Costa Oliveira e Ricardo Junio de Souza
VAR: Emerson de Almeida Ferreira
Cartões amarelos: Rodolfo(AME), Bruno Nazário (AME), Diego Ferreira (AME), Eduardo Bauermann (AME), Ramon (CRU), Adriano (CRU), Ademir (AME)
Gols: Rodolfo (pênalti), aos 47’-1ºT(1-0)Matheus Barbosa, aos 17’-2ºT(1-1), Rodolfo (pênalti), aos 26’-2ºT(2-1), Ramon, aos 50’-2ºT(3-1)
AMÉRICA-MG (Técnico: Cauan de Almeida): Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Eduardo Bauermann, Anderson e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho (Juninho Valoura, aos 45’-2º T), Alê (Eduardo, aos 45’-2 ºT), Bruno Nazário (Ribamar, aos 15’-2ºT) e Felipe Azevedo (Ramon, aos 15’-2ºT); Rodolfo (Ademir, aos 33’-2ºT)
CRUZEIRO (Técnico: Felipe Conceição): Fábio; Raúl Cáceres, Weverton, Ramon e Matheus Pereira; Adriano (Claudinho, aos 41’-2ºT), Matheus Barbosa (Marcinho, aos 31’-2ºT) e Rômulo (Guilherme Bissoli-intervalo); Airton (Stênio, aos 31’-2ºT), Bruno José (Felipe Augusto, aos 41’-2ºT) e Rafael Sobis.

Nem Messi, nem Neymar: Conheça o jogador mais rico do mundo

Últimas